A enfermagem na escola

orientando e estimulando a participação juvenil para o autocuidado no controle da hipertensão

Autores

  • Kássio Silva Cunha Universidade Federal de Uberlândia
  • Andressa Cristina Mendonça de Araújo Universidade Federal de Uberlândia
  • Larissa Peres Universidade Federal de Uberlândia
  • Marcelle Aparecida de Barros Junqueira Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v15n22016_rel05

Palavras-chave:

Hipertensão, Educação em saúde, Ensino fundamental e médio, Autocuidado

Resumo

Dados estatísticos encontrados no DATASUS, SIM e IBGE mostram que a população brasileira registrou um alto número de mortalidade associada às doenças do aparelho circulatório. A hipertensão, doença crônica considerada fator de risco para doenças cardiovasculares, cerebrovasculares e renais, também registra um percentual elevado na população brasileira e seu tratamento demanda custos públicos igualmente elevados. O Subprojeto de Enfermagem do PIBID no curso de graduação em Enfermagem, a fim de estimular o protagonismo juvenil no controle da hipertensão, sentiu a necessidade de orientar os adolescentes para o autocuidado e para a cooperação no cuidado dos hipertensos próximos. Por meio da educação, os bolsistas abordaram os estudantes do 6º ano do ensino fundamental sobre questões como o mecanismo da circulação, a doença, com ênfase nas medidas que controlam a hipertensão. A experiência alcançou um ótimo resultado evidenciado pela participação e entusiasmo dos alunos. A abordagem, além de cumprir seu objetivo, que é a extensão, beneficiou todos os atuantes: escola, alunos, bolsistas, curso e universidade, enriquecendo a produção universitária e contribuindo para a qualidade de vida da população.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kássio Silva Cunha, Universidade Federal de Uberlândia

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia

Andressa Cristina Mendonça de Araújo, Universidade Federal de Uberlândia

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia

Larissa Peres, Universidade Federal de Uberlândia

Discente do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia

Marcelle Aparecida de Barros Junqueira, Universidade Federal de Uberlândia

Doutorada e Mestrada em Enfermagem Psiquiátrica e Docente do Curso de Graduação em Enfermagem da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia

Referências

IBGE

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção em Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Área Técnica de Saúde do Adolescente e do Jovem. Diretrizes nacionais para a atenção integral à saúde de adolescentes e jovens na promoção, proteção e recuperação da saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

_____. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Hipertensão arterial sistêmica para o Sistema

_____. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento da Atenção Básica. Portal da Saúde. Autocuidado. 2012. Disponível em: <http://dab.saude.gov.br/portaldab/ autocuidado.php>. Acesso em: 19 jul. 2015.

_____. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Coordenação Geral de Informações e Análises Epidemiológicas

____. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Informática do SUS

Hipertensos cadastrados segundo município de Uberlândia. Período março de 2014. Disponível em: <http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/ tabcgi.exe?siab/cnv/SIABSMG.def>. Acesso em: 14 jul. 2015.

COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Resolução nº 311, de 8 de fevereiro de 2007. Aprova a reformulação do Código de

MIZUKAMI, M. da G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986. (Temas Básicos de Educação e Ensino).

SBH. Sociedade Brasileira de Hipertensão. Releases. Doenças do coração elevam custos de saúde no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2015.

Downloads

Publicado

2017-02-23

Como Citar

CUNHA, K. S. .; ARAÚJO, A. C. M. de .; PERES, L.; JUNQUEIRA, M. A. de B. . A enfermagem na escola: orientando e estimulando a participação juvenil para o autocuidado no controle da hipertensão. Revista Em Extensão, Uberlândia, MG, v. 15, n. 2, p. 140–151, 2017. DOI: 10.14393/REE-v15n22016_rel05. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/34505. Acesso em: 27 nov. 2022.

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)