Futebol e Copa do Mundo

uma experiência pedagógica fundamentada na educação física cultural

Autores

  • Pedro Xavier Russo Bonetto Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.14393/REP-v18n32019-47383

Palavras-chave:

Educação Física, Currículo cultural, Prática pedagógica

Resumo

O texto em questão apresenta uma experiência pedagógica desenvolvida no ano de 2018, com os sextos anos do ensino fundamental, em uma escola pública da rede municipal de São Paulo. O trabalho pautou-se no chamado “Currículo Cultural de Educação Física” e nos documentos oficiais do município. Nessa perspectiva, buscamos tematizar o futebol, estudando seus gestos, regras, táticas, técnicas e outros elementos a partir de contextos sociais, políticos e culturais. Junto com as atividades na quadra, analisamos criticamente as características do evento da Copa do Mundo de Futebol de campo masculino, bem como das instituições FIFA (Federação Internacional de Futebol Associação) e CBF (Confederação Brasileira de Futebol), elaboramos uma hemeroteca com as reportagens sobre o evento, confeccionamos um álbum de figurinhas coletivo, brincamos de bolão e assistimos a documentários. Avaliamos que, depois desta experiência com o Currículo Cultural de Educação Física, os/as estudantes passaram a compreender mais sobre os aspectos econômicos, as identidades nacionais e as questões de gênero, homofobia e racismo envolvidos no futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Xavier Russo Bonetto, Universidade de São Paulo

Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil; professor da Rede Municipal de Ensino de São Paulo, São Paulo, Brasil. 

Referências

DUSCHATZKY, S.; SKLIAR C. Os nomes dos outros: reflexões sobre os usos escolares da diversidade. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 25, n. 2, 2000.

NEIRA, M. G. O currículo cultural da educação física: pressupostos, princípios e orientações didáticas. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 4-28, jan./mar. 2018a. Doi: 10.23925/1809-3876.2018v16i1p4-28.

NEIRA, M. G. Retomando o debate em torno das influências das teorias crítica e pós-crítica no currículo. Educación y Humanismo, Barranquilla, v. 20, n. 34, Enero-Junio, 2018b. Doi: https://doi.org/10.17081/eduhum.20.34.2860.

NEIRA, M. G.; NUNES, M. L. F. Pedagogia da cultura corporal: críticas e alternativas. São Paulo: Phorte, 2006.

NEIRA, M. G. Educação física, currículo e cultura. São Paulo: Phorte, 2009.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Diretoria de Orientação Técnica. Orientações curriculares e proposição de expectativas de aprendizagem para o Ensino Fundamental: Ciclo II: Educação Física. São Paulo: SME/DOT, 2007.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Direitos de aprendizagem dos ciclos interdisciplinar e autoral: Educação Física. São Paulo: SME/COPED, 2016.

SÃO PAULO. Secretaria Municipal de Educação. Coordenadoria Pedagógica. Currículo da Cidade: Ensino Fundamental: Educação Física. São Paulo: SME/COPED, 2017.

SILVA, T. T. O currículo como fetiche: a política e a poética do texto curricular. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

Downloads

Publicado

06-01-2020

Como Citar

BONETTO, P. X. R. Futebol e Copa do Mundo: uma experiência pedagógica fundamentada na educação física cultural. Revista de Educação Popular, Uberlândia, v. 18, n. 3, p. 109–126, 2020. DOI: 10.14393/REP-v18n32019-47383. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/reveducpop/article/view/47383. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Relatos de experiência