Process drama no ensino superior

o tema feminicídio em sala de aula

Autores

  • Ariane Guerra Barros Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD https://orcid.org/0000-0003-3799-2288
  • Vanessa Lopes Ribeiro Escola Municipal Arthur Campos Mello – Dourados – MS

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v16n2a2020-55248

Palavras-chave:

Process drama, Ensino superior, Feminicídio, Nelson Rodrigues

Resumo

Este artigo pretende relatar e analisar como se deu a execução do process drama “Caso Sônia” (baseado na obra “Valsa n. 6”, de Nelson Rodrigues) em duas turmas de graduação dentro da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Utilizando como base a dramaturgia rodrigueana, as autoras abordaram o tema do feminicídio em sala de aula, executando o process drama em uma turma da graduação em Artes Cênicas da Faculdade de Comunicação, Artes e Letras (FACALE); e na turma da Faculdade Indígena da mesma universidade (FAIND). Identificar a diversidade de conhecimento e entendimento que pode advir de um mesmo processo – empregado em turmas distintas – pode lançar novos olhares sobre as possibilidades e potencialidades de implicações do process drama, como foi o caso de ambas as experiências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ariane Guerra Barros, Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD

Ariane Guerra é atriz, performer, encenadora e preparadora corporal, doutora em Artes Cênicas (UFBA) e professora do curso de Artes Cênicas da Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD. Foi coordenadora do PIBID/Arte na UFGD entre os anos de 2015 a 2019, e lecionou na pós-graduação/Especialização em Teatro: Poéticas e Educação da UFGD em ambas as suas edições. Faz parte da Cia. Última Hora, de Dourados/MS. Tem experiência e pesquisa híbrida, tanto na licenciatura como no bacharelado, enfocando questões corporais e performatividades dentro e fora da sala de aula.

Vanessa Lopes Ribeiro, Escola Municipal Arthur Campos Mello – Dourados – MS

Vanessa Ribeiro é professora da rede pública e particular da cidade de Dourados/MS. Foi professora substituta da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) em 2019 atuando em disciplinas da licenciatura. Graduada em Licenciatura em Artes Cênicas e especialista em Teatro: Poéticas e Educação ambas pela UFGD. Também é licenciada em Letras/Literatura pelo Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN). Atualmente pesquisa process drama e o teatro-educação. Foi supervisora do PIBID/Arte na UFGD em 2017, é atriz, além de já ter atuado em diversas produções artísticas.

 

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

BARROS, A. G.; RIBEIRO, V. L. Process drama no ensino superior: o tema feminicídio em sala de aula. ouvirOUver, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 482–499, 2020. DOI: 10.14393/OUV-v16n2a2020-55248. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/55248. Acesso em: 9 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas do Drama no Brasil