Sobre as materialidades na aula de teatro

vestígios do drama na prática de uma professora-artista

Autores

  • Heloise Baurich Vidor UDESC

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v16n2a2020-53421

Palavras-chave:

Pedagogia do teatro, Materialidades, Estímulos compostos, Texto escrito, Sala de aula

Resumo

A partir de minha experiência com o drama, iniciada em 1998, como participante do processo “Açorianos”, coordenado por Beatriz Cabral, reflito sobre a ênfase nas materialidades que impulsionam a criação coletiva da narrativa cênico-ficcional no drama e como esse aspecto teve impacto na minha atuação como professora e atriz. Destaco como a estratégia dos estímulos compostos (Somers, 1999) e as matérias textuais nos processos, inspiraram dois experimentos que realizei fora do contexto do drama: a criação do espetáculo “uma lady MACBETH” (2009) e “Os outros do outro Brecht” (2011). A ênfase dada às materialidades, em pesquisas atuais que desenvolvo com foco na formação docente, busca chamar a atenção do professor de teatro para a potência dos materiais - texto, espaço, objetos, som, imagens - em jogo com os corpos, no intuito de intensificar a atmosfera poética na sala de aula. Assim, a partir da ação do professor, que atua como co-criador nos processos, as materialidades provocam reações, sensações, reflexões nos alunos/participantes, de modo a sensibilizá-los e engajá-los nas propostas pedagógicas teatrais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloise Baurich Vidor, UDESC

Heloise Baurich Vidor é atriz e professora de Teatro. Possui graduação em Interpretação Teatral/USP (1995), Mestrado em Educação e Cultura (2001) e Mestrado em Teatro (2008)/ UDESC e Doutorado/USP (2015). É professora adjunta do Departamento de Artes Cênicas da UDESC, na área de Pedagogia do Teatro/Teatro e Educação, professora permanente do Mestrado Profissional em Artes (PROF-ARTES) e do Programa de Pós-Graduação em Teatro (PPGT), da mesma universidade. Tem experiência na área de Interpretação e Direção Teatral. É autora dos livros Drama e Teatralidade: o ensino do teatro na escola (2010) e Leitura e Teatro: aproximação e apropriação do texto literário (2016) e co-diretora do espetáculo Coro dos Maus Alunos (2018).

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

VIDOR, H. B. Sobre as materialidades na aula de teatro : vestígios do drama na prática de uma professora-artista. ouvirOUver, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 375–391, 2020. DOI: 10.14393/OUV-v16n2a2020-53421. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/53421. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas do Drama no Brasil