A prática como componente curricular e a ação de extensão no percurso de formação do artista-pesquisador-docente

uma experiência na disciplina Drama como método de ensino

Autores

  • Tharyn Stazak de Freitas Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV-v16n2a2020-53098

Palavras-chave:

Drama, Prática como componente curricular, Extensão universitária

Resumo

Esse texto narra a experiência em um processo, na disciplina Drama como método de ensino, realizada durante o ano de 2017, junto ao Curso de Teatro-licenciatura da Universidade Federal do Ceará e que teve como desafio responder a uma necessidade de articulação da disciplina com as dimensões formativas da prática como componente curricular e a ação extensionista a que se propõem os cursos de formação de professores nas Instituições de Ensino Superior do Brasil. Ao focalizar os atravessamentos entre teoria e prática por meio da experimentação criativa de recursos e estratégias e da organização colaborativa de um processo de drama no formato de uma vivência/oficina aberta à comunidade, foi por meio da escolha de um espaço afetivo da cidade, que puderam ser cruzados história, memórias e narrativas. Destes cruzamentos, abrem-se os olhares para as permeabilidades existentes entre o fazer teatral e a sociedade e também aos modos de produzir convívio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tharyn Stazak de Freitas, Universidade Federal do Ceará

Tharyn Stazak de Freitas é professora do Curso de Teatro-Licenciatura e do Mestrado Profissional em Artes (Prof-Artes) do Instituto de Cultura e Arte da Universidade Federal do Ceará. Licenciada em Educação Artística com habilitação em Artes Cênicas pela Universidade do Estado de Santa Catarina, mestre em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina e doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia. Possui experiência na área do ensino de Arte e do Teatro, com ênfase na pedagogia teatral.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

STAZAK DE FREITAS, T. A prática como componente curricular e a ação de extensão no percurso de formação do artista-pesquisador-docente: uma experiência na disciplina Drama como método de ensino. ouvirOUver, [S. l.], v. 16, n. 2, p. 406–419, 2020. DOI: 10.14393/OUV-v16n2a2020-53098. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/53098. Acesso em: 1 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Perspectivas do Drama no Brasil