A inserção da música na escola: processos e resultados de uma pesquisa

Autores

  • Carla Eugenia Lopardo Universidade Federal do Pampa (Unipampa) Bagé RS Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV24-v15n1a2019-1

Resumo

Neste artigo apresento minha tese de doutorado a qual teve como propósito observar, analisar e discutir os caminhos que uma escola particular na região sul do Brasil percorre ao implementar a Lei 11.769/08, a qual tornava obrigatório o ensino da música nas escolas, em todos os seus níveis de ensino. O método escolhido, desde uma abordagem qualitativa, foi o estudo de caso e as técnicas de produção de dados foram a entrevista semiestruturada, a observação participante, os diários de campo e as discussões com grupos focais. Na realização desta pesquisa procurei compreender os processos e as linhas de ação colocadas em prática desde os primeiros passos da inserção da música na escola e, posteriormente, analisar os impactos dessa inserção no contexto escolar. A partir dos achados desta investigação observei determinados elementos vinculados à inovação escolar: a disposição para a mudança, o envolvimento de/com cada uma das dimensões da escola e a presença de uma gestão democrática participativa, atravessando por situações de adaptação, ajuste, reflexão e avaliação sobre os reflexos da presença da música no dia a dia dessa escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-06-17

Como Citar

LOPARDO, C. E. A inserção da música na escola: processos e resultados de uma pesquisa. ouvirOUver, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 16–29, 2019. DOI: 10.14393/OUV24-v15n1a2019-1. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/46988. Acesso em: 16 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Música, Educação Musical, Formação, Contextos, Ensino, Aprendizagens Mus.