Mídias localizadas e mobilidades compartilhadas, criação e ativação em três dispositivos artísticos contemporâneos

Autores

  • Bernard Guelton Universidade de Paris 1
  • Nikoleta Kerinska (tradução) Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV23-v14n2a2018-25

Resumo

Um número crescente de dispositivos artísticos, lúdicos e ficcionais, utiliza como base a mobilidade das pessoas e suas interações via interfaces computacionais. Neste contexto, as noções de mídia localizada e de mobilidade compartilhada constituem duas finalidades, que são ao mesmo tempo, complementares e essenciais. Neste artigo são apresentados três exemplos de práticas artísticas, que se utilizam dessas noções, propulsionando mudanças significativas nas relações entre cultura e mídia.

Abstract

A growing number of artistic, playful and fictional devices are based on users' mobility and on their interaction via digital interfaces. In this context, the notions of situated media and shared mobility are two complementary key points. Three examples of artistic practices that benefit from these very important substantial transformations in our cultural approach are presented here.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nikoleta Kerinska (tradução), Universidade Federal de Uberlândia

Nikoleta Kerinska é doutora em Artes Plásticas, Estética e Ciência da Arte pela Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (2014). Pesquisadora do grupo Fictions & Interactions da Universidade de Paris 1 Panthéon-Sorbonne sob a coordenação de Bernard Guelton. Professora de arte computacional na Universidade Federal de Uberlândia. Sua pesquisa artística inspira-se pelas convergências/divergências nos processos de comunicação homem-máquina, que fazem uso da linguagem natural, como também pelas relações poéticas entre linguagem natural e imagem.

Downloads

Publicado

2018-11-28

Como Citar

GUELTON, B.; KERINSKA (TRADUÇÃO), N. Mídias localizadas e mobilidades compartilhadas, criação e ativação em três dispositivos artísticos contemporâneos. ouvirOUver, [S. l.], v. 14, n. 2, p. 606–617, 2018. DOI: 10.14393/OUV23-v14n2a2018-25. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/45346. Acesso em: 28 maio. 2022.