Gib mir den Kopf des Pinkertons

Perspectivas teatrais em três processos em ópera

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV24-v15n1a2019-6

Resumo

Este artigo se propõe a discutir as especificidades do trabalho de atuação dos cantores de ópera a partir de uma experiência de acompanhamento de três processos de ensaio na Alemanha em 2016. Partindo-se da compreensão do canto como uma ação vocal será analizada a possibilidade de se utilizar o processo de aprendizado e internalização da estrutura musical durante a preparação de uma nova partitura para estabelecer uma base de impulsos físicos que podem, graças à sua conexão com o universo ficcional dramatúrgico, servir como ponto de partida para o desenvolvimento do trabalho de atuação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mauricio Schwab Veloso

Mestre em Artes Cênicas pela Freie Universität Berlin, tese sobre processos da consciência em estado pré-expressivo; doutourando pela FAU Nürnberg, tese sobre as especificidades do processo criativo dos cantores de ópera

Downloads

Publicado

2019-06-17

Como Citar

VELOSO, M. S. Gib mir den Kopf des Pinkertons: Perspectivas teatrais em três processos em ópera. ouvirOUver, [S. l.], v. 15, n. 1, p. 86–99, 2019. DOI: 10.14393/OUV24-v15n1a2019-6. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/41610. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos