Tout ce qui brille n'est point or / Nem tudo que brilha é ouro

Autores

  • Nathalie Moureau Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV21-v13n2a2017-7

Resumo

O preço de uma obra corresponde ao seu valor artístico? A economista Nathalie Moureau mostra que valor econômico e valor artístico da obra contemporânea são geralmente desconectados, dando lugar à aparição de bolhas especulativas. Três fatores principais explicam, assim, essa defasagem: a informação mediática, a pesquisa de distinção, a especulação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nathalie Moureau, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS, Brasil

Tem Licenciatura em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e Mestrado em Artes Visuais, ênfase em História, Teoria e Crítica da Arte pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, no Programa de Artes Visuais do Instituto de Artes

Downloads

Publicado

2017-10-31

Como Citar

MOUREAU, N. Tout ce qui brille n’est point or / Nem tudo que brilha é ouro. ouvirOUver, [S. l.], v. 13, n. 2, p. 436–457, 2017. DOI: 10.14393/OUV21-v13n2a2017-7. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/40027. Acesso em: 29 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê: Sistema das Artes Visuais no Brasil