Considerações sobre docência, formação e inserção da dança no espaço escolar brasileiro

Autores

  • Josiane Gisela Franken Corrêa Universidade Federal de Pelotas
  • Carmen Anita Hoffmann Universidade Federal de Pelotas
  • Thiago Silva de Amorim Jesus Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV22-v14n1a2018-14

Resumo

A investigação objetiva compreender o percurso histórico e legal sobre a inserção da dança na escola, enfocando o contexto sul-rio-grandense, local onde se desenvolve a pesquisa. Para tanto, foram estudados autores como Strazzacappa (2011), Almeida (2016), Hoffmann (2015) e Souza (2015), dentre outros, com o intuito de analisar os documentos legais e acontecimentos histórico-sociais, para subsidiar a discussão sobre as iniciativas que tornam possível a consolidação da profissão de professor em dança no Brasil e, especialmente, no Estado do Rio Grande do Sul. Considera-se que o crescente número de professores licenciados em dança no Brasil, associado à reconfiguração da área de Artes após a LDB de 1996, pressiona os gestores públicos a promover a expansão do campo de trabalho para esses profissionais, o que inclui a abertura de concursos públicos em nível municipal, estadual e federal. Porém, é preciso ressaltar que, não basta o aumento de vagas para a atuação dos professores de dança nas escolas de ensino formal, uma vez que é necessária a preparação do ambiente escolar para a recepção e inclusão dos mesmos, tanto sob o ponto de vista físico-estrutural quanto humano e conceitual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiane Gisela Franken Corrêa, Universidade Federal de Pelotas

Professora do Curso de Dança

Carmen Anita Hoffmann, Universidade Federal de Pelotas

Professora do Curso de Dança

Thiago Silva de Amorim Jesus, Universidade Federal de Pelotas

Professor do Curso de Dança

Downloads

Publicado

2018-07-19

Como Citar

FRANKEN CORRÊA, J. G.; HOFFMANN, C. A.; JESUS, T. S. de A. Considerações sobre docência, formação e inserção da dança no espaço escolar brasileiro. ouvirOUver, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 194–205, 2018. DOI: 10.14393/OUV22-v14n1a2018-14. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/39902. Acesso em: 2 dez. 2022.