Et in arcadia ego: o jardim dos caminhos que se bifurcam (a partir de Panofsky)

Autores

  • Marco Pasqualini de Andrade IARTE/UFU

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV18-v12n1a2016-14

Palavras-chave:

Ensaio visual, tratados, Erwin Panofsky, Jorge Luis Borges.

Resumo

Et in Arcadia ego apresenta-se como um ensaio visual desenvolvido a partir de um texto de Erwin Panofsky. Tomando os vários sentidos apresentados e discutidos pelo autor sobre a expressão latina e suas representações visuais, o ensaio constrói uma narrativa a partir de uma estrutura binária alternante proposta pelo conto do escritor argentino Jorge Luis Borges, resultando em imagens ficcionais de realidades imaginárias paralelas e sincrônicas. Complementa o ensaio visual uma introdução sobre como as estruturas narrativas contemporâneas são construídas a partir das experiências e proposições artísticas dos anos 1960 e 1970, aqui denominados de "tratados experimentais".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Pasqualini de Andrade, IARTE/UFU

Formado em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Possui Mestrado em Arquitetura pela FAU USP e Doutorado em Artes pela ECA USP.

Downloads

Publicado

2016-10-13

Como Citar

ANDRADE, M. P. de. Et in arcadia ego: o jardim dos caminhos que se bifurcam (a partir de Panofsky). ouvirOUver, [S. l.], v. 12, n. 1, p. 220–239, 2016. DOI: 10.14393/OUV18-v12n1a2016-14. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/36082. Acesso em: 9 ago. 2022.