Contextos e proposições: um panorama dos desejos de criação de uma escola teatro nacional nos séculos XIX e XX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV22-v14n1a2018-15

Resumo

Objetivamos com este texto expor, numa perspectiva panorâmica, as principais ideias e contradições arroladas nos séculos XIX e XX que impulsionaram a criação de escolas de formação de atores no Brasil. Mediante a leitura da literatura do teatro brasileiro acerca dessa temática, algumas perguntam emergiram, a saber: A partir de quais reflexões e condições culturais, políticas e sociais a ideia de formação atores no Brasil se construiu? Como as múltiplas propostas foram apresentadas e constituíram um corpo condizente com a realidade nacional? Como a vontade de formação de atores no Brasil está vinculada ao entendimento de teatro nacional? É nesse sentido que o presente texto se desenvolverá objetivando ter um olhar amplo acerca da formação do ator no Brasil nos dois séculos precedentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gilberto dos Santos Martins

Ator, professor de teatro, mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Artes/Artes Cênicas da Universidade Federal de Uberlândia, Campus Santa Mônica.

Downloads

Publicado

2018-07-19

Como Citar

MARTINS, G. dos S. Contextos e proposições: um panorama dos desejos de criação de uma escola teatro nacional nos séculos XIX e XX. ouvirOUver, [S. l.], v. 14, n. 1, p. 206–218, 2018. DOI: 10.14393/OUV22-v14n1a2018-15. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/35481. Acesso em: 20 maio. 2022.