Entre o texto e a tela: apontamentos acerca de Milagre na cela de Jorge Andrade e A freira e a tortura de Ozualdo Candeias

Autores

  • Luiz Humberto Martins Arantes

Resumo

O presente texto pretende expor alguns resultados de pesquisa advindos da relação dramaturgia e cinema. A partir do estudo da peça teatral Milagre na cela, do dramaturgo paulista Jorge Andrade, e do filme A freira e a tortura, dirigido por Ozualdo Candeias, são investigados temas como tortura e repressão, processados pela dramaturgia e pelo cinema na década de 1970 e início dos anos de 1980, momento de escrita da peça e lançamento do filme. Articulado a isso se tece uma reflexão acerca do lugar desta peça na dramaturgia de Jorge Andrade e a mudança de foco que ela implica, como ainda as razões que levaram os produtores do filme a optarem por um texto de Jorge Andrade e sua conseqüente adaptação para um estilo cinematográfico popular

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-10-13

Como Citar

ARANTES, L. H. M. Entre o texto e a tela: apontamentos acerca de Milagre na cela de Jorge Andrade e A freira e a tortura de Ozualdo Candeias. ouvirOUver, [S. l.], n. 5, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/3186. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos