Arte, educação e poder: discursos ocultos nas narrativas de museus brasileiros de arte

Autores

  • Caroline Alciones de Oliveira Leite Universidade Federal Fluminense
  • Luiz Sérgio da Cruz de Oliveira Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.14393/OUV17-v11n2a2015-12

Palavras-chave:

Arte, Educação, Visita Guiada, Museu de Arte

Resumo

Este estudo tem como foco a análise dos procedimentos metodológicos de três museus de arte localizados na cidade do Rio de Janeiro e arredores. Para tanto, investigamos as práticas das visitas guiadas desses museus de maneira que, através da análise, pudéssemos iluminar as relações de poder que se constroem através das narrativas dos museus e que podem se apresentar ocultas à primeira vista. Para este estudo, entendemos como ambiente de pesquisa o Museu de Arte do Rio e o Museu Nacional de Belas Artes, ambos na cidade do Rio de Janeiro, e o Museu de Arte Contemporânea em Niterói. A possibilidade de trabalhar com distintos perfis de museus de arte viabilizou a verificação de como se dá a confluência entre ideologias e narrativas nessas instituições.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Alciones de Oliveira Leite, Universidade Federal Fluminense

Pós-graduanda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Contemporâneos das Artes da Universidade Federal Fluminense

Luiz Sérgio da Cruz de Oliveira, Universidade Federal Fluminense

Professor Titular de Artes / Poéticas Contemporâneas Universidade Federal Fluminense

Downloads

Publicado

2015-12-31

Como Citar

LEITE, C. A. de O.; OLIVEIRA, L. S. da C. de. Arte, educação e poder: discursos ocultos nas narrativas de museus brasileiros de arte. ouvirOUver, [S. l.], v. 11, n. 2, p. 462–476, 2015. DOI: 10.14393/OUV17-v11n2a2015-12. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/ouvirouver/article/view/31026. Acesso em: 17 ago. 2022.