Formação Inventiva de Professores com Jogos Digitais: Uma Incursão Teórica Analítica

Autores

  • Deive Barbosa Alves Universidade Federal do Tocantins
  • Hevellyn Tays Lima da Silva Universidade Federal do Norte do Tocantins

Resumo

A pesquisa objetiva compreender o conceito de aprendizagem inventiva a partir de discussões em dissertações e teses que têm como tema os jogos digitais na formação inicial de professores de matemática. Os dados foram selecionados no banco de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), por meio da utilização de uma metodologia do tipo qualitativa, de natureza bibliográfica, e para a análise, adotou-se o método de Análise textual discursiva. Como resultado, destacam-se os termos emergentes: problematização, signos, agenciamento e desejo. Buscou-se compreender também alguns termos relacionados à formação inventiva de professores de matemática. Assim, conclui-se que no material pesquisado é possível observar elementos favoráveis à aprendizagem inventiva, e ainda que o modelo prevalente seja de uma educação bancaria, o que se almeja é uma aprendizagem desenvolvida através do contato com essas matérias fluidas, para que o aluno possa constituir seus próprios conhecimentos matemáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Edição

Seção

Educação Matemática