CIRCULAÇÃO DE MODELOS SOCIOPEDAGÓGICOS: EXPERIÊNCIAS EM EDUCAÇÃO ESCOLAR EM PORTUGAL NO INÍCIO DO SÉCULO XX

Conteúdo do artigo principal

Luiz Carlos Barreira

Resumo

Este trabalho apresenta resultados de investigação histórica sobre circulação de modelos sociopedagógicos em Portugal no início do século XX. Focaliza experiências, no campo da educação escolar, que foram veiculadas na imprensa pedagógica local direcionada aos professores do ensino primário. Objetiva identificar as representações de escola que conformam tais experiências, bem como as que se depreendem dos comentários e análises daqueles que as deram a conhecer. A análise restringiu-se à "Revista de Periódicos", uma seção da revista Educação, que foi publicada pela Sociedade Promotora de Escolas, ao longo de 1913. A Redação dessa revista estava sob a responsabilidade de professores da Escola Oficina nº 1 de Lisboa, instituição criada em 1905 e mantida pela mesma Sociedade. Dentre outras particularidades, essa escola reuniu alguns dos principais protagonistas dos movimentos políticos e sociais no início do século XX em Portugal, como maçons, republicanos e anarquistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Barreira, L. C. (2015). CIRCULAÇÃO DE MODELOS SOCIOPEDAGÓGICOS: EXPERIÊNCIAS EM EDUCAÇÃO ESCOLAR EM PORTUGAL NO INÍCIO DO SÉCULO XX. Cadernos De História Da Educação, 13(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/che/article/view/29212
Seção
Artigos