ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS E PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO NO BRASIL: IMPLICAÇÕES

Conteúdo do artigo principal

Sandra Maria Caldeira-Machado
Maurilane de Souza Biccas
Luciano Mendes de Faria Filho

Resumo

Este texto põe em relevo a importância da estatística educacional para a constituição e consolidação do processo de escolarização no Brasil. Buscamos argumentar que a estatística constitui-se em uma importante estratégia de governamentabilidade mobilizada pelos estados nacionais e demonstrar como o estudo das formas como as categorias por meio das quais a realidade é dada a ler estatisticamente nos ajudam a compreender o processo de escolarização no Brasil. A estatística como conhecimento, método e modo de exposição contribui fortemente para a ordenação dos sistemas de ensino e, no mesmo ato, para a produção de modos de classificação escolares e, portanto, sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Caldeira-Machado, S. M., Biccas, M. de S., & Filho, L. M. de F. (2014). ESTATÍSTICAS EDUCACIONAIS E PROCESSO DE ESCOLARIZAÇÃO NO BRASIL: IMPLICAÇÕES. Cadernos De História Da Educação, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/che/article/view/25031
Seção
Artigos