A construção do ethos discursivo de Bolsonaro no Twitter sob amparo do discurso constituinte religioso

uma análise da semântica global

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/HTP-v4n2-2022-66860

Palavras-chave:

Análise de Discurso, Discurso Religioso, Discurso Político, Ethos discursivo, Jair Bolsonaro

Resumo

Guiados pela semântica global, terceira hipótese de Maingueneau (2008b) em sua tese, buscamos neste trabalho refletir sobre a construção do ethos discursivo de Jair Bolsonaro, que recorre ao discurso constituinte religioso (MAINGUENEAU, 2021; 2008a; 2000) para a formulação de seus discursos no Twitter. Para isso, teórico-metodologicamente, recorremos à análise do discurso de linha francesa através dos estudos de Maingueneau (2021; 2020; 2018; 2008a; 2008b). Delimitamos como corpus três publicações retiradas do Twitter do político, com o objetivo de discutir como a semântica global apoia a leitura e a interpretação dos discursos partilhados por Bolsonaro em seu Twitter e qual a importância do discurso constituinte religioso para a construção e a manutenção do seu ethos discursivo. Constatamos que o enunciador se vale do discurso religioso e do seu caráter constituinte para creditar os seus dizeres e defender suas alegações na rede. Ele ainda explora a vagueza e contextualiza alguns fragmentos bíblicos para evitar contestações, uma vez que o domínio religioso, diferentemente de outras esferas, não se encontra aberto a contra-argumentos e contestações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Arthur Soares de Melo, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE

Mestrando em Linguística pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco. Graduado em Letras Português – Inglês pela Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (2021).

Referências

AUTHIER-REVUZ, Jacqueline. Heterogeneidade(s) Enunciativa(s). Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 19, p. 25-42, 2012. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8636824>. Acesso em: 15 ago. 2022. DOI: 10.20396/cel.v19i0.8636824

BARONAS, Roberto Leiser. Notas concisas sobre a possibilidade de um tratamento discursivo de manuscritos paranaenses setecentistas. In: POSSENTI, S.; BARONAS, R L. (Orgs.). Contribuições de Dominique Maingueneau para a análise do discurso no Brasil. São Carlos: Pedro & João, 2008, p. 181-199.

BARONAS, Roberto Leiser; PONSONI, Samuel. Uma análise de discurso de base enunciativa: notas de leitura sobre o percurso epistemológico de Dominique Maingueneau. Revista Heterotópica, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 83-107, 2019. Disponível em: <https://seer.ufu.br/index.php/RevistaHeterotopica/article/view/48527>. Acesso em: 15 ago. 2022. DOI: 10.14393/HTP-v1n1-2019-48527

CHARAUDEAU, Patrick. MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de Análise do Discurso. Coord. trad. Fabiana Komesu. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2020.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso político. Tradução Fabiana Komesu e Dilson Ferreira da Cruz. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2018.

MAINGUENEAU, Dominique; COSSUTTA, Frédéric. L'analyse des discours constituants. Langages, [S. l.], 29e année, n. 117, p. 112-125, 1995. Disponível em: <http://www.persee.fr/web/revues/home/prescript/article/lgge_0458-726X_1995_num_29_117_1709>. Acesso em: 7 dez. 2022. DOI: 10.3406/lgge.1995.1721

MAINGUENEAU, Dominique. Analisando discursos constituintes. Tradução Nelson Barros da Costa. Revista do GELNE, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 1-12, 2000. Disponível em: <https://periodicos.ufrn.br/gelne/article/download/9331/6685/>. Acesso em: 23 jun. 2021.

MAINGUENEAU, Dominique. Cenas da enunciação. São Paulo: Parábola, 2008a.

MAINGUENEAU, Dominique. Gênese dos discursos. São Paulo: Parábola, 2008b.

MAINGUENEAU, Dominique. Doze conceitos em análise do discurso. São Paulo: Parábola, 2010.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez, 2013.

MAINGUENEAU, Dominique. Discurso e análise do discurso. São Paulo: Parábola, 2015a.

MAINGUENEAU, Dominique. O que pesquisam os analistas do discurso? Tradução Sírio Possenti. Revista da ABRALIN, [S. l.], v. 14, n. 4, p. 31-40, jul.- dez. 2015b. Disponível em: <https://revistas.ufpr.br/abralin/article/view/42547/25810>. Acesso em: 7 fev. 2019. DOI: https://doi.org/10.5380/rabl.v14i2.42547

MAINGUENEAU, Dominique. Ethos, cenografia, incorporação. In: AMOSSY, R. (Org.) Imagens de si no discurso: a construção do ethos. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2018, p. 69-92.

MAINGUENEAU, Dominique. Variações sobre o ethos. São Paulo: Parábola, 2020.

MAINGUENEAU, Dominique. Aux limites de l’analyse du discours. Cadernos de Linguística, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 1-15, 2021. Disponível em: <https://cadernos.abralin.org/index.php/cadernos/article/view/336>. Acesso em: 16 ago. 2022. DOI: 10.25189/2675-4916.2021.V2.N1.ID336

POSSENTI, Sírio.; MUSSALIM, Fernanda. Contribuições de Dominique Maingueneau à Análise do Discurso. In: PAULA, L.; STAFUZZA, G. Da Análise do Discurso no Brasil à Análise do Discurso do Brasil: três épocas histórico-analíticas. Uberlândia: EDUFU, 2010.

VIEIRA FILHO, Maurício João; PROCÓPIO, Mariana Ramalho. O ethos de Jair Bolsonaro: uma análise discursiva dos discursos da posse presidencial. Revista Temática, [S. l.], v. 16, n. 8, p. 157-171, 2020. Disponível em: <https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/tematica/article/view/54522>. Acesso em: 15 ago. 2022. DOI: https://doi.org/10.22478/ufpb.1807-8931.2020v16n08.54522

Downloads

Publicado

2023-01-31

Como Citar

SOARES DE MELO, J. A. A construção do ethos discursivo de Bolsonaro no Twitter sob amparo do discurso constituinte religioso: uma análise da semântica global. Revista Heterotópica, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 178–201, 2023. DOI: 10.14393/HTP-v4n2-2022-66860. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/RevistaHeterotopica/article/view/66860. Acesso em: 14 jul. 2024.