"Ser professora” um estudo do sentido pessoal sobre a atividade docente a partir da Psicologia Histórico-Cultural

Conteúdo do artigo principal

Camila Turati Pessoa
https://orcid.org/0000-0003-0803-2472

Resumo

O estudo do sentido pessoal atribuído à atividade docente pelo professor do Ensino Básico foi o objetivo principal da pesquisa realizada e apresentada neste resumo. Partimos do referencial teórico-metodológico da Psicologia Histórico-Cultural com as contribuições em especial de Lev S. Vigotski (1934/2001) na obra A construção do pensamento e da linguagem e nas obras de A. Leontiev (1975/1978, 1975/1983) O desenvolvimento do psiquismo e Atividade, Consciência e Personalidade. Nesse caminho, nos voltamos ao estudo de como o desenvolvimento da atividade docente é constituído a partir do sentido pessoal que se elabora sobre as ações de ensino realizadas. É necessário nos debruçarmos em quais são os sentidos que o professor atribui à sua atividade, pois é a partir deles que se elabora a atividade de ensino e, consequentemente, são trabalhados os conteúdos escolares – e ainda incidirá sobre os sentidos que serão constituídos pelos alunos ao se apropriarem de tais conhecimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Pessoa, C. T. . (2019). "Ser professora”: um estudo do sentido pessoal sobre a atividade docente a partir da Psicologia Histórico-Cultural. Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 3(2), 1–8. https://doi.org/10.14393/OBv3n2.a2019-51566
Seção
Resumo de Teses e Dissertações

Referências

PESSOA, C. T. “Ser professora”: um estudo do sentido pessoal sobre a atividade docente a partir da Psicologia Histórico-Cultural. 2018. 225 f. Tese (Doutorado em Psicologia), Universidade Estadual de Maringá, Maringá-PR.