Perejivânie uma aproximação ao estado da arte das pesquisas

Conteúdo do artigo principal

Letícia Raboud Mascarenhas de Andrade
https://orcid.org/0000-0003-2637-6148
Herculano Ricardo Campos
https://orcid.org/0000-0003-0366-9773

Resumo

O conceito de perejivânie (vivência), articulado à teoria histórico-cultural, refere-se à unidade sistêmica da vida consciente, compreendendo a integralidade entre afeto e cognição e a relação dialética entre o indivíduo e seu meio no estudo do desenvolvimento humano. Trata-se de um conceito importante para a perspectiva histórico-cultural que aparece tardiamente e de forma inacabada na obra de Vigotski. É ainda um conceito de apropriação recente por autores ocidentais cuja referência nos trabalhos científicos vem crescendo e se desdobrando em diferentes contextos. O presente trabalho se propõe a fazer uma categorização quantitativa da produção envolvendo o conceito de vivência, bem como apontar aspectos a serem analisados. O levantamento das produções foi feito através do portal de periódicos da CAPES, abarcando trabalhos publicados até 2018, em português, espanhol e inglês. Como descritores utilizaram-se distintas nomenclaturas do nome russo: perezhivanie, perezhivaniya, perejivanie, e ainda combinações como “vivência” e “Vigotski”, dentre outros. Foram categorizados 122 trabalhos que trataram do conceito em foco por: ano de publicação, autor, local de produção (instituição, país), periódico de emissão e abordagem do conceito (enquanto objeto de discussão, unidade de análise ou elemento teórico central). Os resultados indicaram crescimento exponencial da produção no recorte estudado, disseminação dos trabalhos por 22 países, além de protagonismo da Austrália e Brasil no cenário mundial. Apontam-se ainda possibilidades de ampliação e aprofundamento do atual estudo, tendo em vista chegar a um panorama mais completo das produções, além de explorar formas de entendimento do conceito e campos de utilização deste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Andrade, L. R. M. de, & Campos, H. R. (2019). Perejivânie: uma aproximação ao estado da arte das pesquisas. Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 3(2), 1–17. https://doi.org/10.14393/OBv3n2.a2019-51558
Seção
Dossiê: Aprendizagem e Desenvolvimento na Teoria Histórico-Cultural

Referências

CLARÀ, M. The many lives of the word perezhivanie. In: COLE, M.; GAJDAMSCHKO, N. (ed.) MCA Symposium on Perezhivanie, p.70-73, 2016. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/MCA-Symposium-on-Perezhivanie/63888aa89d34d3cf2f3011c546684cc3f38e3bd4. Acesso em: 15 jun. 2018. https://doi.org/10.1080/10749039.2016.1199700

COLE, M.; GAJDAMSCHKO, N. The Growing Pervasiveness of Perezhivanie. Mind, Culture, and Activity, vol.23, n.4, p.271, 2016. https://doi.org/10.1080/10749039.2016.1201515

FLEER, M.; GONZÁLEZ-REY, F.; VERESOV, N. (orgs.). Perezhivanie, Emotions and Subjectivity: Advancing Vygotsky’s Legacy. Singapura: Springer, 2017. https://doi.org/10.1007/978-981-10-4534-9_1

ROTH, W-M; JOURNET, A. Perezhivanie in the Light of the Later Vygotsky’s Spinozist Turn Mind, Culture, and Activity, vol.23, n.4, p.46-55, 2016. https://doi.org/10.1080/10749039.2016.1186197

TOASSA, G.; SOUZA, M. P. R. de. As vivências: questões de tradução, sentidos e fontes epistemológicas no legado de Vigotski. Psicologia USP, São Paulo, vol. 21, n.4, p. 757-779, 2010. https://doi.org/10.1590/s0103-65642010000400007

VERESOV, N. Emotions, perezhivanie et développement culturel: le projet inachevé de Lev Vygotski. In : MORO, C.; MIRZA, N. M. (Ed.) Sémiotique, culture et développement psychologique. Lausanne: Septentrion, 2014, p.209-237.

VERESOV, N.; FLEER, M. Perezhivanie as a theoretical concept for researching young children’s development. In: COLE, M.; GAJDAMSCHKO, N. (Ed.) MCA Symposium on Perezhivanie, p. 56-66, 2016. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/MCA-Symposium-on-Perezhivanie/63888aa89d34d3cf2f3011c546684cc3f38e3bd4. Acesso em: 15 jun. 2018. https://doi.org/10.1007/978-981-10-4534-9_1

VIGOTSKI, L.S. Quarta aula. O problema do meio na pedologia. In: PRESTES, z.; TUNES, E. (org.) 7 Aulas de L. S. Vigotski sobre os fundamentos da pedologia. Rio de Janeiro: E-Papers, 1935/2018, p. 73-92. https://doi.org/10.1590/s0103-65642010000400003