Processos de imitação-criação como constituidores da práxis pedagógica uma intervenção didático-formativa com o formador de professores

Conteúdo do artigo principal

Waleska Dayse Dias de Sousa
https://orcid.org/0000-0002-5678-644X

Resumo

Pesquisa de doutorado concluída em 2016 que trata da constituição da práxis pedagógica do formador de professores, compreendida como objetivação da unidade teórico-prática no campo do ensino. Partiu do seguinte problema: como o formador de professores, num processo de formação continuada constitui sua práxis pedagógica? Como aporte teórico a teoria histórico-cultural. A pesquisa foi concretizada por meio de uma intervenção didático-formativa e realizada junto a formadores de professores que atuam na Universidade Federal do Triângulo Mineiro - UFTM. Ao longo das análises foram evidenciadas três referências da formação-ação do formador: as referências memorizadas, empíricas e da práxis. Elas orientaram os encaminhamentos da intervenção didático-formativa. Como resultados, concluiu-se que o formador de professores constitui sua práxis pedagógica nas unidades dialéticas apropriação teórico-prática dos conceitos e imitação-criação, os dois fundamentos da formação analisados. A pesquisa espera oportunizar o aprofundamento do debate em torno da formação de professores numa perspectiva desenvolvimental.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Sousa, W. D. D. de. (2017). Processos de imitação-criação como constituidores da práxis pedagógica: uma intervenção didático-formativa com o formador de professores . Obutchénie. Revista De Didática E Psicologia Pedagógica, 1(3), 617–626. https://doi.org/10.14393/OBv1n3a2017-9
Seção
Resumo de Teses e Dissertações

Referências

LONGAREZI, A.M. Didática desenvolvimental no contexto da escola pública brasileira: modos e condições para um ensino que promova o desenvolvimento. Brasília, DF: CAPES, Programa Observatório da Educação, Edital 049/2012 (Projeto de Pesquisa), 2012.

LONGAREZI, A.M. Didática desenvolvimental: intervenções pedagógico‑formativas desenvolvedoras de estudantes do Ensino Fundamental, Médio e Superior. Brasília, CNPq, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, (Projeto de Pesquisa), 2014.

SÁNCHEZ VÁSQUEZ, A. Filosofia da práxis.Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales – CLACSO. São Paulo: Expressão Popular, Brasil, 2011.

VIGOTSKI, L. S. Pensamiento y habla. Buenos Aires: Colihue, 2007.

VIGOTSKI, L. S. Imaginação e criação na infância.Tradução de Zoia Prestes. São Paulo: Editora Ática, 2009.