DÃ?PTEROS MUSCÓIDES ASSOCIADOS A FEZES FRESCAS DE GADO BOVINO E SEUS PARASITÓIDES, NOS MUNICÍPIOS DE UBERLÂNDIA-MG E ITUMBIARA-GO - RESUMO DE TESE

Autores

  • Carlos Henrique Marchiori ULBRA
  • Arício Xavier Linhares Departamento de Parasitologia -Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Hymenoptera, diptera, parasitóides, moscas

Resumo

O levantamento de moscas (Diptera: Cyclorrhapha) e parasitóides (Hymenoptera e Coleoptera) foi realizado de novembro de 1993 a outubro de 1994 na Fazenda Experimental do Glória em Uberlândia-MG (local 1) e de novembro de 1994 a outubro de 1995 na Chácara Vilela em Itumbiara- GO (local 2). Mensalmente 10 amostras de esterco bovino com 7 dias de exposição no campo foram escolhidas aleatoriamente nas pastagens nos dois locais estudados. Elas foram transportadas dentro de bacias plásticas para o laboratório do Departamento de Biociências da Universidade Federal de Uberlândia (local 1) e para o laboratório da Fundação de Ensino superior em Itumbiara-GO (local 2), para a extração dos artrópodes no quinto dia após sua coleta no campo. Este material foi flutuado em água dentro de um balde plástico. As pupas foram retiradas com auxílio de uma peneira e individualizadas em cápsulas de gelatina até a emergência dos dípteros e ou dos seus parasitóides. As famílias coletadas nos dois locais foram similares, destacando- se a família Sarcophagidae (Diptera) que apresentou uma maior diversidade de espécies nos dois locais. As famílias dos parasitóides também foram similares nos dois ambientes. A família Figitidae (Hymenoptera) apresentou maior número de indivíduos. As principais espécies de moscas coletadas no dois locais foram: Palaeosepsis insularis (Williston) (Diptera: Sepsidae), Sarcophagula occidua Fabricius (Diptera: Sarcophagidae), Brontaea quadristigma (Thomson) e Brontaea debilis Williston (Diptera: Muscidae). Os parasitóides presentes em maior abundância no local 1 foram: Paraganaspis egeria Díaz, Gallardo & Walsh (Hymenoptera: Figitidae), Triplasta atrocoxalis (Ashmead) (Hymenoptera: Figitidae) Spalangia drosophilae (Ashmead) (Hymenoptera: Pteromalidae)e no local 2 foram: P. egeria, T. atrocoxalis e Spalangia nigroaenea (Curtis) (Hymenoptera: Pteromalidae). No local 1, 50,0% dos hospedeiros predominaram na estação quente e úmida, enquanto que no local 2 não foi demonstrado nenhum predomínio por qualquer estação. Com relação aos parasitóides, no local 1 predominaram na estação quente e seca e no local 2 pela estação quente e úmida. Os índices faunísticos apresentados nos dois locais mostraram que a maioria das espécies de hospedeiros e parasitóides foram não dominantes. Neralsia splendens Borgmeier (Hymenoptera: Figitidae) e Aleochara notula Erichson (Coleoptera: Staphylinidae) apresentaram uma ocorrência marcante nos dois locais pelas pupas de S. occidua.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-02-27

Como Citar

Henrique Marchiori, C., & Xavier Linhares, A. (2008). DÃ?PTEROS MUSCÓIDES ASSOCIADOS A FEZES FRESCAS DE GADO BOVINO E SEUS PARASITÓIDES, NOS MUNICÍPIOS DE UBERLÂNDIA-MG E ITUMBIARA-GO - RESUMO DE TESE. Veterinária Notícias, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/18806

Edição

Seção

Artigos