O surgimento da nova classe média nos Estados Unidos sob a perspectiva teórica de Charles Wright Mills

Autores

  • Tomas Rigoletto Pernías Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v37n1a2022-52000

Resumo

O artigo descreve, conforme as premissas teóricas de Wright Mills desenvolvidas na obra “A Nova Classe Média – White Collar”, o surgimento da “nova classe média americana”. Optou-se, metodologicamente, pela divisão do artigo em quatro partes: a introdução, que contextualiza o objeto de estudo: a segunda parte, com considerações sobre os marcos teóricos utilizados para caracterizar a “nova classe média; na terceira parte, a descrição do surgimento da nova classe média e os processos econômicos que deram origem a esse segmento social; na quarta parte, discute-se a natureza do trabalho realizado pela nova classe média. Concluiu-se que: os desdobramentos socioeconômicos da segunda revolução industrial, a centralização da propriedade e a concentração do capital minaram as bases da antiga classe média americana, formada por pequenos comerciais e pequenos produtores rurais. No seu lugar, a grande empresa moderna e a expansão setor terciário criaram as bases para o surgimento da nova classe média, segmento social descrito por Mills como os “colarinhos brancos”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-04-20

Edição

Seção

Artigos