Avaliação do progresso das nações: uma aplicação na América do Sul, Costa Rica e México

Autores

  • Pedro Henrique de Morais Campetti Instituto Federal do Rio Grande do Sul
  • Tiago Wickstrom Alves Universidade do Vale do Rio dos Sinos

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v30n1a2015-2

Resumo

Este estudo objetiva propor uma medida de progresso multidimensional para ser utilizada na América do Sul, Costa Rica e México. Para isto, foi construído um quadro referencial (framework) a partir das qual foram elencados 50 indicadores para avaliação do progresso e bem-estar na primeira década do século XXI nos países selecionados. Utilizou-se o método de escore-z para tratamento dos dados e o método estrutural-diferencial para análise e ranking dos países. Os resultados apontaram as dimensões que mais que contribuíram para o progresso. Estabeleceu-se também um ranking do progresso por país e verificou-se a relação daqueles que mais progrediram no período.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Henrique de Morais Campetti, Instituto Federal do Rio Grande do Sul

Mestre em Economia pelo Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) e professor efetivo de Economia no Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS), campus Bento Gonçalves. Endereço eletrônico:pedro.campetti@bento.ifrs.edu.br ou pedro_campetti@yahoo.com.br.

Tiago Wickstrom Alves, Universidade do Vale do Rio dos Sinos

Doutor em Economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Professor e Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE) da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Endereço eletrônico: twa@unisinos.br ou wickstrom.alves@gmail.com.

Downloads

Publicado

2016-04-18

Edição

Seção

Artigos