Imperialismo e internacionalização dos mercados Latino-Americanos nos anos 1950

Autores

  • Fábio Antonio de Campos Instituto de Economia - UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v30n1a2015-1

Resumo

Tendo como destaque o debate clássico sobre o imperialismo, o objetivo do artigo é mostrar a particularidade da internacionalização do mercado interno latino-americano após a Segunda Guerra, em especial o caso brasileiro, por meio do investimento direto estrangeiro (IDE). Para tanto, analisaremos a especificidade imperialista das empresas multinacionais nos anos 50 do século XX e os motivos de seu deslocamento para a América Latina. Em seguida, abordaremos as condições concretas de internacionalização produtiva e os condicionantes internos que levaram a um aprofundamento da dependência externa e do subdesenvolvimento na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Antonio de Campos, Instituto de Economia - UNICAMP

Professor doutor do Núcleo de História Econômica

Downloads

Publicado

2016-04-18

Como Citar

CAMPOS, F. A. de. Imperialismo e internacionalização dos mercados Latino-Americanos nos anos 1950. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 30, n. 1, 2016. DOI: 10.14393/REE-v30n1a2015-1. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/26555. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos