O (sub)desenvolvimento sob a perspectiva do estruturalismo latino-americano

Autores

  • Marília Bassetti Marcato Unicamp

Resumo

Para o estruturalismo latino-americano, o subdesenvolvimento não se baseia em uma comparação entre um momento histórico pretérito das economias do centro em relação ao momento atual de subdesenvolvimento da periferia. As interações e desdobramentos históricos específicos a cada país conferem singularidade ao processo de desenvolvimento. Nesse sentido, o subdesenvolvimento estaria atrelado à presença de problemas estruturais, sob a forma econômica, social, política e cultural. Este artigo propõe-se a analisar os principais conceitos estruturalistas - desde o método utilizado até as especificidades da periferia na dinâmica centro-periferia - para a compreensão do (sub)desenvolvimento latino-americano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-04-22

Como Citar

MARCATO, M. B. O (sub)desenvolvimento sob a perspectiva do estruturalismo latino-americano. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 27, n. 2, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/26336. Acesso em: 3 mar. 2024.