As muitas travessias de Albert Hirschman

Autores

  • Ana Maria Bianchi

Resumo

O objetivo deste artigo é destacar o importante papel de Albert O. Hirschman como economista, cientista social, e intelectual em geral. O nome de Hirschman é bastante significativo para nós, brasileiros, por ter sido um dos poucos teóricos do desenvolvimento estrangeiros que entrou em contato com correntes de pensamento tipicamente latino-americanas, como o Estruturalismo cepalino e a Teoria da Dependência. Ainda que divergindo de sua perspectiva teórica, Hirschman debateu com os adeptos dessas correntes, em suas próprias línguas nativas, as questões relativas à promoção do desenvolvimento e às políticas adequadas para atingir esse alvo. No que se segue, farei inicialmente um breve apanhado da biografia de Hirschman, para situar o contexto em que concebeu e difundiu suas ideias. Nas sessões seguintes analisarei quatro dos livros que publicou: os três primeiros na etapa inicial de sua carreira, como pioneiro na economia do desenvolvimento, e o último, já perto do fim de sua carreira, sobre a retórica da intransigência. Encerro o artigo com algumas considerações sobre o caráter inovador de sua obra, que associo às muitas fronteiras que atravessou durante sua vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-04-16