As finanças públicas dos municípios goianos: uma análise das receitas de transferências e das despesas nas funções relativas à Educação e Cultura e à Saúde e Saneamento.

Autores

  • Eduiges Romanatto
  • Daniela Vieira Oliveira

Resumo

RESUMO: Este trabalho investigou as finanças dos 246 municípios do Estado de Goiás relativas à distribuição das receitas de transferências do FPM, Fundef/Fundeb e ICMS, principais fontes de recursos, bem como as despesas relativas à função Educação e Cultura e à Saúde e Saneamento. Essas informações foram trabalhadas conforme classes populacionais e Regiões de Planejamento. O levantando das informações foram para os anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 tendo como fonte dos dados o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás. No período entre 2006 e 2009, os resultados indicam que os recursos do FPM e do Fundef/Fundeb atuaram de forma redistributiva e o ICMS de maneira mais concentrada. Também nesse período, as despesas per capita tanto em Educação e Cultura quanto em Saúde e Saneamento vem aumentando, acompanhando, em alguma medida, o aumento das atribuições municipais com o advento da Constituição Federal de 1988.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduiges Romanatto

Mestre em Desenvolvimento Econômico pela UFPR.

Daniela Vieira Oliveira

Economista pela UFG.

Downloads

Publicado

2012-10-04

Edição

Seção

Artigos