Música, saúde mental e economia solidária

um relato de experiência junto à associação AUFASAM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v19n22020-57515

Palavras-chave:

Música, Saúde Mental, Economia Solidária, Reabilitação psicossocial

Resumo

O presente artigo apresenta a experiência de um projeto de extensão universitária que desenvolve ações na interface entre música, saúde mental e economia solidária (ES). A discussão está direcionada para um grupo de camerata de violões desenvolvido pela Associação de Usuários, Familiares e Amigos dos Serviços de Saúde Mental de Indaial (AUFASAM), em parceria com a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da Fundação Universidade Regional de Blumenau (ITCP/FURB) e com o Centro de Atenção Psicossocial de Indaial. Metodologicamente, as ações foram propostas a partir das contribuições da Luta Antimanicomial e da ES. Como resultados, foram realizados 32 ensaios que alcançaram um repertório composto por 11 músicas e a realização de três apresentações musicais. Os benefícios advindos desta experiência fortaleceram o processo de reabilitação psicossocial dos seus integrantes e, ao mesmo tempo, afetaram o contexto universitário e a comunidade geral, possibilitando maior visibilidade para a AUFASAM, proporcionando acesso gratuito a bens culturais, incentivando o fortalecimento da extensão universitária e a transformação do imaginário social referente à loucura. É importante reconhecer a pluralidade cultural proporcionada pela camerata, ao apresentar elementos culturais eruditos e populares, ao se propor a circular por contextos de saúde, educação e economia solidária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mahasiãh Raimundo, Fundação Universidade Regional de Blumenau

Graduando em Psicologia na Fundação Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil; integrante da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP/FURB), bolsista Fumdes.

Jaison Hinkel, Fundação Universidade Regional de Blumenau

Doutor em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil; professor titular do Departamento de Psicologia na Fundação Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil; integrante da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da FURB  (ITCP/FURB).

Renato Mór, Fundação Universidade Regional de Blumenau

Mestre em Educação pela Universidade Regional de Blumenau, Santa Catarina, Brasil; professor do Departamento de Artes na mesma instituição; integrante da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da FURB (ITCP/FURB).

Referências

AMARANTE, P.; NOCAM, F. Saúde mental e arte: práticas, saberes e debates. São Paulo: Zagodoni, 2012.

AMARANTE, P.; TORRE, E. H. G. Loucura e diversidade cultural: inovação e ruptura nas experiências de arte e cultura da Reforma Psiquiátrica. Interface: Comunicação Saúde Educação, Botucatu, v. 21, n. 63, p. 763-774, 2017. Doi: 10.1590/1807-57622016.0881.

AUFASAM RECOMEÇAR. Disponível em: https://www.aufasamrecomecar.com.br/nossos-projetos. Acesso em: 21 set. 2020.

AVERSA, P. C. Vibrações possíveis: arte/educação e saúde mental na contemporaneidade. ARS, São Paulo, v.12, n. 23, p.148-159, jan.-jun. 2014. Doi: 10.11606/issn.2178-0447.ars.2014.82967.

CAMERATA. In: DICIO (Dicionário Online de Português). Porto: 7Graus, 2020. Disponível em: https://www.dicio.com.br/camerata/. Acesso em: 15 set. 2020.

DANTAS, S. M. A loucura na canção: protagonismo e emancipação através da música. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, Florianópolis, v. 8, n. 18, p. 111-131, 2016.

ITCP. Proposta de Institucionalização da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares como programa permanente da Fundação Universidade Regional de Blumenau. Blumenau, 2017. Disponível em: https://www.furb.br. Acesso em: 20 set. 2020.

MARCHI, R.. C.; PRIM, L. F.; ANDRADE, E. (org.). Economia Solidária na ITCP/FURB: reflexões e experiências em busca da inclusão social. Blumenau: Meta, 2013.

PINHO, K. et al. (org.). Relatos de experiências em inclusão social pelo trabalho na saúde. São Carlos: Compacta, 2014.

PITTA, A. Reabilitação psicossocial no Brasil. 4. ed. São Paulo: Hucitec, 2016.

PRIM, L. F. et al. Qual é o lugar da loucura?: desafios a partir da economia solidária. In: SEMINÁRIO DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL, ESTADO E SOCIEDADE, 3., 2016, Blumenau. Anais [...]. Blumenau: FURB, 2016, p. 63-71. Disponível em: https://proxy.furb.br/soac/index.php/sedres/iiisedres Acesso em: 20 jul. 2020.

SINGER, P. Introdução à economia solidária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2002.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

RAIMUNDO, M.; HINKEL, J.; MÓR, R. Música, saúde mental e economia solidária : um relato de experiência junto à associação AUFASAM. Em Extensão, Uberlândia, MG, v. 19, n. 2, p. 196–207, 2020. DOI: 10.14393/REE-v19n22020-57515. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/57515. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Relatos de Experiência

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)