A extensão e seu papel emancipatório: estudo de caso "Cartografia Sociocultural" em Viçosa, MG

Autores

  • Luis Gustavo Ferreira Cabral Universidade Federal de Viçosa
  • Amélia Carla Sobrinho Bifano Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v12n12013_art03

Palavras-chave:

Extensão universitária. Cartografia social. Conhecimento emancipador.

Resumo

Este trabalho visa realizar um estudo sobre a extensão universitária é tratada no Brasil, por meio da análise do projeto "Cartografia Sociocultural", realizado pelo Departamento de Economia Doméstica da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Para tanto, remonta-se à instauração dos primeiros projetos de extensão no Brasil, como os modelos Land Grant de universidade, assim como o Centro Rural Universitário de Treinamento e Ação Comunitária (CRUTAC) e o Projeto Rondon, a evolução da extensão ao longo do tempo, seu objetivo e os moldes atuais, além do estudo de caso do projeto "Cartografia Sociocultural", por meio da metodologia da pesquisa-ação, envolvendo a população alvo do estudo aos trabalhos realizados e chegando a resultados concretos de suporte à decisão por parte da população estudada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amélia Carla Sobrinho Bifano, Universidade Federal de Viçosa

Possui graduação em Economia Doméstica pela Universidade Federal de Viçosa (1986), mestrado em Engenharia de Produção pela Escola de Engenharia da UFMG (1999); área de concentração: Engenharia do trabalho e desenvolvimento de produto. Doutorado em Engenharia - Engenharia de Produção, grupo de pesquisa: TTO - Trabalho, Tecnologia e Organização, pela Escola Politécnica - USP (2007), com período sanduiche na França, no Conservatoire National des Arts et Métiers - CNAM. Atualmente é professora adjunta na Universidade Federal de Viçosa, e coordena entre outros projetos a UNIEDHS (Unidade Interdisciplinar de Estudos em Desenvolvimento Humano e Social).

Downloads

Publicado

2013-07-19

Como Citar

CABRAL, L. G. F.; BIFANO, A. C. S. A extensão e seu papel emancipatório: estudo de caso "Cartografia Sociocultural" em Viçosa, MG. Revista Em Extensão, [S. l.], v. 12, n. 1, 2013. DOI: 10.14393/REE-v12n12013_art03. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revextensao/article/view/20842. Acesso em: 23 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos Originais