Afro do Amaral Fontoura: a sistematização de saberes aritméticos para os cursos de formação de professores da Guanabara (1960-1974)

Conteúdo do artigo principal

Denise Medina de Almeida França
https://orcid.org/0000-0002-1649-5816

Resumo

O artigo investiga se o professor Afro do Amaral Fontoura pode ser considerado um expert da matemática escolar em tempos de Escola Nova, bem como os saberes por ele sistematizados no Programa do ensino primário do estado da Guanabara, publicado em 1962. O referencial teórico metodológico utiliza os seguintes conceitos: saberes profissionais, matemática para ensinar, matemática a ensinar e expert. O estudo é norteado pelas questões a seguir: que vestígios nos possibilitam afirmar que Afro do Amaral Fontoura foi um expert para o curso de formação de professores no ensino da matemática, no período de 1950 a 1970, nas séries iniciais, ao propor ideias escolanovistas? Que saberes foram sistematizados e objetivados por Fontoura por meio do Programa de Aritmética do Estado da Guanabara (1961)? Buscando responder a essas indagações, com base em fontes encontradas no Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro, verificamos que Fontoura se enquadra na categoria de expert da educação no Estado da Guanabara, de modo que possibilitou a sistematização de saberes aritméticos abordados por meio de situações da vida prática.


 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
França, D. M. de A. . (2022). Afro do Amaral Fontoura: a sistematização de saberes aritméticos para os cursos de formação de professores da Guanabara (1960-1974). Cadernos De História Da Educação, 21(Contínua), e066. https://doi.org/10.14393/che-v21-2022-66
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Denise Medina de Almeida França, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Brasil)

https://orcid.org/0000-0002-1649-5816
http://lattes.cnpq.br/4540272100520547
denisemedinafranca@gmail.com

Referências

BERTINI, L. F. de; MORAIS, R. S. dos.; VALENTE, W. R. A Matemática a ensinar e a Matemática para ensinar: novos estudos sobre a formação de professores. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017.

BRASIL. Distrito Federal. Decreto – Lei nº 8.529, de 2 de janeiro de 1946. Lei Orgânica do Ensino Primário. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-8529-2-janeiro-1946-458442-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 6 mar. 2020.

BRASIL. Distrito Federal. Programa 1954. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/ legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-8529-2-janeiro-1946-458442-publicacaooriginal-1-pe. html. Acesso em: 6 mar. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Rio de Janeiro, 23 de julho de 1960. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/093718_04/4732. Acesso em: 30 jul. 2019.

CAMARGO, M. A. J. G. Coisas velhas: um percurso de investigação sobre cultura escolar (1928 - 1958). São Paulo: Editora UNESP. 2000.

CURSO para professores começam amanhã. O FLUMINENSE, Rio de Janeiro, 1964. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/100439_10/11437. Acesso em: 30 de jul. 2019.

CURSO para professores do ensino supletivos. Diário de Notícias, Rio de Janeiro, 22 de julho de 1960. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/093718_04/5552. Acesso: 30 jul. 2019.

FAVERO, M. L.A. de. A universidade no Brasil: das origens à Reforma Universitária de 1968. Educ. rev., Curitiba, n.28, p.17-36, dez. 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/ scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602006000200003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 14 ago. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40602006000200003

FONTOURA, A. A. do. Manual de testes. Rio de Janeiro: Editora Aurora, 1960a.

FONTOURA, A. A. do. Prática de Ensino. Rio de Janeiro: Editora Aurora, 1960b.

FONTOURA, A. A. do. Metodologia do ensino primário. Rio de Janeiro: Editora Aurora, 1961.

FONTOURA, A. A. do. Programa para o Curso Primário do estado da Guanabara. Série II, Ed. 6. Estado da Guanabara: Editora Aurora, 1965. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/ 123456789/134100. Acesso em: 17 jul. 2019.

FRANÇA, D. M. A. de. Biblioteca didática brasileira: o manual de testes e as propostas escolanovistas em cursos de formação de professores (1950-1970). Rematec – Revista de Matemática, Ensino e Cultura, v. 23, p. 38-51, 2016. Disponível em: http://www.eventos.ufes.br/enaphem/3enaphem/ paper/viewFile/2073/78. Acesso em: 6 ago. 2019.

FRANÇA, D. M. A.; DOMINGUES, J. M. AFRO AMARAL FONTOURA: Um expert para a formação de professores? In: XVI Seminário Temático: Provas, Exames e a escrita da história da educação matemática, 2018, Boa Vista. Anais [...]. Boa Vista: UFRR, 2018. Disponível em: http://xviseminariotematico.paginas.ufsc.br/files/2018/03/FRANCA_DOMINGUES_T3.pdf. Acesso em 6 ago. 2019.

FRANÇA, D. M. A.; VILLELA, L. M. A. Notícias do Rio de Janeiro: Aritmética, Geometria e Desenho no Ensino Primário (1890-1970). JIEEM – Jornal Internacional de Estudos em Educação Matemática; IJSME – International Journal for Studies in Mathematics Education. v.8, n.1, p.155-176, 2015. Disponível em: http://revista.pgsskroton.com.br/index.php/jieem/issue/view/42. Acesso em: 15 jun. 2016.

HOFSTETTER, R., SCHNEUWLY, B.; FREYMOND, M. Penetrar na verdade da escola para ter elementos concretos de sua avaliação: a irresistível institucionalização do expert em educação (século XIX e XX). In: HOFSTETTER, R.; VALENTE, W. R. (org.). Saberes em (trans)formação: tema central da formação de professores. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017. p. 55-112.

MACIEL, L.S.B.; VIEIRA, R.A.; SOUZA, F.C.L. Afro do Amaral Fontoura: estudos, produções e a escola viva. Revista HISTEDBR On-line, n.47, p.232-250, set.2012. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640049/7608. Acesso em: 6 ago. 2019. DOI: https://doi.org/10.20396/rho.v12i47.8640049

MACIEL, V. M. Elementos do saber profissional do professor que ensina Matemática: uma aritmética para ensinar nos manuais pedagógicos (1880 - 1920). 2019. Tese de doutorado (Doutorado em Ciências). Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2019.

SCHNEIDER, L. A. D.; STENTZLER, M. M. Prescrições didáticas de Afro do Amaral Fontoura e seu uso na Escola Normal Professora Amasília In: JORNADA DO HISTEDBR, 10. 2011, Vitória da Conquista, BA. Anais [...]. Vitória da Conquista, BA, Jornada do HISTEDBR. 2011. Disponível em: http://www.histedbr.fae.unicamp.br/acer_histedbr/jornada/jornada10/ apresentacao.html. Acesso em: 9 ago. 2019.

SOUZA, R. F. Alicerces da Pátria: História da escola primária no Estado de São Paulo (1890-1976). Campinas, SP: Mercado de Letras, 2009.

TADEI, G. B. S. da. A psicologia da educação nos manuais didáticos de Afro do Amaral Fontoura (Paraná, 1950-1970). 2016. 319 f. Tese (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

VALENTE, W.R. A Matemática a ensinar e a Matemática para ensinar: os saberes para a formação do educador matemático. In: HOFSTETTER, R.; VALENTE, W. R. (org.). Saberes em (trans)formação: tema central da formação de professores. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2017. p.201-228.

VALENTE, W.R. Processos de investigação histórica da constituição do saber profissional do professor que ensina Matemática. Acta Scientiae, v.20, n.3, p.377-385, maio/jun. 2018. DOI: https://doi.org/10.17648/acta.scientiae.v20iss3id3906

VALENTE, W.R. Saber objetivado e formação de professores: reflexões pedagógico-epistemológicas Revista História da Educação (Online), v.23, p.1-22, 2019a. DOI: https://doi.org/10.1590/2236-3459/77747

VIDAL, D. G. Escola nova e processo educativo. In: LOPES, Eliane Marta Teixeira; FARIA FILHO, Luciano Mendes de; VEIGA, Cynthia Greive (orgs.). 500 anos de educação no Brasil. 5 ed. p.497-517. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.