“Tão longe tudo no tempo, e aqui tudo presente, tão vivo, me acorrendo ao bico da pena”. Escrita autobiográfica e educação piauiense na obra de Cristino Castelo Branco (1892- 1931)

Conteúdo do artigo principal

Jane Bezerra Sousa
https://orcid.org/0000-0002-5356-899X

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a escrita autobiográfica e a educação piauiense por intermédio de uma pesquisa bibliográfica nas obras, Frases e Notas e Escritos de Vário Assunto, de autoria de Cristino Castelo Branco. Como referencial teórico de análise, este estudo fundamenta-se nos pressupostos dos seguintes autores: Brito (1996); Mendes (2012); Queiroz (2008); Ferro (1996); Lopes (2006, 2010); e Gomes (2010), entre outros. Como recorte temporal, designou-se o ano de 1892, data de seu nascimento, e o ano de 1931 como término, devido ao seu ingresso como Desembargador no Tribunal de Justiça do Estado do Piauí. As análises empreendidas neste trabalho levam a reflexões sobre a escrita de si, o constituir-se professor, os espaços escolares e os ideais educacionais piauienses durante a Primeira República, a partir da obra de Cristino Castelo Branco.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Sousa, J. B. . (2020). “Tão longe tudo no tempo, e aqui tudo presente, tão vivo, me acorrendo ao bico da pena”. Escrita autobiográfica e educação piauiense na obra de Cristino Castelo Branco (1892- 1931). Cadernos De História Da Educação, 19(3), 783–795. https://doi.org/10.14393/che-v19n3-2020-8
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Referências

BRANCO, Cristino Castelo. Frases e notas. Rio de Janeiro: Rongetti, 1957.

BRANCO, Cristino Castelo. Escritos de vário assunto. Rio de Janeiro: Rongetti, 1968.

BRANCO, Cristino Castelo. Homenagem às normalistas. Revista da academia Piauhyense de Letras, Teresina, PI, ano XI, n.12, Typografia D’o Piauhy, p.148, 1928.

ENSINO Primário. Imprensa, Teresina, PI, 15 out. 1927.

FERRO. Maria do Amparo Borges. Educação e sociedade no Piauí republicano. Teresina, PI: EDUFPI, 1996.

GOMES, Ângela de Castro. Escrita de si, escrita da história. Rio de Janeiro: FGV, 2004.

LOPES, Antônio de Pádua Carvalho. A escrita autobiográfica; os documentos pessoais e a história da educação. In: NASCIMENTO, Francisco Alcides do; VAINFAS, Ronaldo. História e historiografia. Recife: Bagaço, 2006. p. 11-29.

LOPES, Antonio de Pádua Carvalho. Das Escolas Reunidas ao Grupo Escolar: A Escola como repartição pública de verdade. In. VIDAL, Diana Gonçalves (Org.).Grupos Escolares: Cultura Escolar primária e Escolarização da Infância no Brasil (1893-1971).Campinas, SP: Mercado das Letras, 2006.

PIAUHY, Governador, 1925-1928 (Matyas Olympio de Melo) Mensagem apresentada à Câmara legislativa, pelo Exmo. Sr.Governador do Estado, em 01 de junho de 1928. Theresina: Piauhy, 1928.

QUEIROZ, Teresinha. Educação no Piauí (1880-1930). Imperatriz, MA: Ética, 2008.
SOUSA, Jane Bezerra de. Ser e fazer-se professora no Piauí no século XX: a história de vida de Nevinha Santos. Uberlândia, MG: Edufu, 2015.

Souza, Rosa Fátima de. História da organização do trabalho escolar e do currículo no Século XX (ensino primário e secundário no Brasil). São Paulo, SP: Cortez, 2008. 320P. (Coleção: Biblioteca Básica de História da Educação Brasileira, v. 2).