DO SUL PARA O CENTRO-OESTE: A SAGA DE MIGRANTES SULISTAS PARA O NORTE DE MATO GROSSO - HISTÓRIAS DE MUITAS VIDAS E DE UMA ESCOLA 'INVENTADA' (1973-1979)

Conteúdo do artigo principal

Josiane Josiane Brolo Rohden
Elizabeth Figueiredo de Sá

Resumo

Este artigo é parte da pesquisa que versa sobre a História da Educação da cidade de Sinop-MT, durante o processo de colonização inicial da mesma, entre 1973 a 1979. A delimitação deste período deu-se ao fato de que a educação assim como a cidade de Sinop foram instituídas no ano de 1973, e ao final desta década, em 1979, ocorreria a emancipação política da cidade. Apoiamo-nos principalmente em fontes históricas que tratam tanto sobre a colonização quanto ao início da escolarização, como também em entrevistas. O texto destaca dois principais momentos: o da história, da saga de migrantes sulistas que em busca de um futuro promissor, aventuram-se em direção à Sinop, em meio a muitos perigos e dificuldades de sobrevivência e posteriormente a 'invenção' de uma escola, construída pelas mãos dos próprios migrantes, que não conformados com a realidade que encontraram na 'cidade prometida', tiveram de 'reinventar' aos seus modos, o início de um sistema educacional que pudesse garantir a educação de seus filhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Rohden, J. J. B., & de Sá, E. F. (2014). DO SUL PARA O CENTRO-OESTE: A SAGA DE MIGRANTES SULISTAS PARA O NORTE DE MATO GROSSO - HISTÓRIAS DE MUITAS VIDAS E DE UMA ESCOLA ’INVENTADA’ (1973-1979). Cadernos De História Da Educação, 13(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/che/article/view/28182
Seção
Artigos