MISSÃO PROTESTANTE E EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS: EMBATES SIMBÓLICOS PARA A CRIAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO INSTITUTO EVANGÉLICO DE LAVRAS (1893-1936)

Conteúdo do artigo principal

José Normando Gonçalves Meira

Resumo

Este artigo discute projetos e ações dos missionários presbiterianos no oeste de Minas Gerais, onde foi fundado em 1893, o Instituto Evangélico de Lavras. Os seus objetivos são: ampliar a discussão sobre a educação protestante no Brasil, particularmente em Minas Gerais; compreender relações entre convicções religiosas e "ação social"; avaliar a relação entre o projeto educacional presbiteriano em Minas Gerais e o "americanismo" instalado no imaginário social brasileiro a partir de meados do século XIX (Cf. Warde, 2000); discutir a ideologia protestante trazida pelos missionários norte-americanos e a eficácia dos seus símbolos, para os seus objetivos de reformar a sociedade brasileira; analisar os princípios educacionais que nortearam a instituição; discutir as estratégias adotadas pelos seus fundadores. Foram utilizadas fontes do Arquivo Público Mineiro, do Museu Bi-Moreira da Universidade Federal de Lavras e do Pró-memória Gammon, do Instituto Presbiteriano Gammon, em Lavras-MG.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Detalhes do artigo

Como Citar
Meira, J. N. G. (2014). MISSÃO PROTESTANTE E EDUCAÇÃO EM MINAS GERAIS: EMBATES SIMBÓLICOS PARA A CRIAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO INSTITUTO EVANGÉLICO DE LAVRAS (1893-1936). Cadernos De História Da Educação, 12(2). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/che/article/view/25020
Seção
Artigos