A VULNERABILIDADE DO TRABALHO DAS PROFESSORAS E PROFESSORES CONTRATADOS NA REDE BÁSICA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE MATO GROSSO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BGJ-v11n2-a2020-57866

Resumo

Entender os processos históricos que constituem nossa base social é necessário para que possamos analisar a contemporaneidade. Dessa maneira o objetivo deste trabalho é fazer uma leitura crítica sobre o trabalho das professoras e professores da rede básica de ensino do estado de Mato Grosso tendo em vista a pandemia do novo coronavírus. Observamos que as professoras e professores contratados correspondem a mais da metade dos profissionais que atendem a educação no estado, o grupo de efetivos ou professores que passaram por concurso público não atende a necessidade da comunidade escolar. É preciso que haja o cumprimento das leis trabalhistas para estes profissionais que vivenciaram total abandono em meio a pandemia do novo coronavírus e que seus direitos sejam preservados, assim como a abertura de novos concursos e contratações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício dos Santos de Oliveira, Universidade Federal de Mato Grosso

Professor de Geografia da educação básica do estado de Mato Grosso, Mestrando no curso de Mestrado do Programa de Pós- Graduação em Geografia da UFMT, campus Cuiabá.

Silvia Fernanda Cantoia, Universidade Federal de Mato Grosso

Doutora em Geografia, Professora do Departamento de Geografia e do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá-MT.

Downloads

Publicado

2020-12-23