QUANDO A RUA DÁ LUGAR À CALÇADA: O CASO DO CALÇADÃO ÍNDIO BANDEIRA EM CAMPO MOURÃO- PR, BRASIL

Autores

  • Anderson Franciscon Prefeitura Municipal de Campo Mourão-PR
  • Marcos Clair Bovo Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.

Resumo

A Rua, enquanto espaço público, tem em sua origem a característica de não-lugar, criando barreiras físicas e simbólicas, consequentemente favorecendo o automóvel em contraponto à urbanidade. No entanto, já no final do século XX tal panorama tem se modificado, uma vez que as pistas de rolamento e estacionamentos das ruas foram substituídas por parques e áreas destinadas aos pedestres. Em Campo Mourão- PR temos a redução da avenida Capitão Índio Bandeira em prol do calçadão de mesmo nome. Dessa forma, temos como objetivo compreender o processo de elaboração do projeto, a execução e a usabilidade do Calçadão Índio Bandeira, destacando suas transformações sociais, culturais, econômicas e espaciais. Assim, entendemos que ao longo da história de Campo Mourão, o calçadão assume importante papel na sociedade mourãoense, tendo em vista que, talvez, seja a obra mais importante para o município, representando um marco do “antes e do depois”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Franciscon, Prefeitura Municipal de Campo Mourão-PR

Mestre em Sociedade e Desenvolvimento, Universidade Estadual do Paraná, Campo Mourão, Prefeitura Municipal de Campo Mourão-PR.

Marcos Clair Bovo, Universidade Estadual do Paraná - Campus de Campo Mourão.

Doutor em Geografia, professor do Colegiado do Curso de Geografia e do Programa de Pós-graduação em Sociedade e Desenvolvimento - Universidade Estadual do Paraná, Campo Mourão.

Downloads

Publicado

2019-12-20

Como Citar

FRANCISCON, A.; BOVO, M. C. QUANDO A RUA DÁ LUGAR À CALÇADA: O CASO DO CALÇADÃO ÍNDIO BANDEIRA EM CAMPO MOURÃO- PR, BRASIL. Brazilian Geographical Journal, Ituiutaba, v. 10, n. 2, p. 74–90, 2019. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/braziliangeojournal/article/view/56989. Acesso em: 19 abr. 2024.