A INSERÇÃO DE MIGRANTES ALAGOANOS NO MERCADO DE TRABALHO DA CIDADE DE ITUIUTABA-MG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/BGJ-v11n1-a2020-55202

Resumo

Este trabalho teve por objetivo identificar os principais fatores que levam os habitantes de Alagoas a migrar para a cidade de Ituiutaba–MG. O estudo caracteriza-se como exploratório e qualitativo, sendo a coleta de dados feita por meio de entrevistas individuais em profundidade, realizadas com alagoanos que migraram para o município. Já em relação a amostragem, foi amostra por conveniência. O trabalho se torna importante por permitir o entendimento das contribuições dos migrantes para o desenvolvimento da região do Pontal.  Foi possível detectar que a maior parte dos alagoanos veio das cidades do interior de Alagoas, devido às desigualdades sociais, e a maioria vem para Ituiutaba-MG com o intuito de trabalhar. Os trabalhos geralmente desempenhados pelos alagoanos são de maioria braçal em usinas e frigoríficos. Constatou-se também que a maioria dos migrantes estão satisfeitos com o atual emprego e que não pretendem voltar para a sua cidade natal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Divino Miranda de Oliveira, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Mestre em Administração pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (2020). Especialista em Marketing pela Universidade Norte do Paraná - UNOPAR (2016). Graduado em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia-UFU (2015) e Licenciado em Música pela Universidade Metropolitana de Santos - UNIMES (2017). Atualmente faz parte do Corpo Docente do Conservatório Estadual de Música Dr. José Zoccóli de Andrade de Ituiutaba/MG.

Jussara Goulart da Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Doutora em Administração pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE). É Bacharel em Administração Geral de Empresas pelo Instituto Educacional de Assis (IEDA), Especialista em Administração de Marketing pela Fundação Eurípides Soares da Rocha (UNIVEM) e Mestre em Administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Atualmente é professora efetiva da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) no curso de Administração da Faculdade de Ciências Integradas do Pontal (FACIP), atuando na área de Marketing.

Noézia Maria Ramos, Universidade Federal de Uberlândia

Doutorado em Administração de Empresas (FGV-2020), Mestre em Administração (UFU-2007), Especialista em Gestão e Estratégia Empresarial (ULBRA-2002) e Bacharel em Administração (1995). Atualmente é Professora do Curso de graduação em Administração na Universidade Federal de Uberlândia - Campus Santa Mônica - Uberlândia/MG.

Rejane Alexandrina Domingues Pereira do Prado, Universidade Federal de Uberlândia

Pós-doutora em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Faculdade de Gestão e Negócios da Universidade Federal de Uberlândia (2019). Doutora em Administração pela Universidade Nove de Julho (2015). Mestre em Administração pela Faculdade Cenecista de Varginha (2007). Possui graduação em Administração pela Escola Superior de Ciências Contábeis e Administrativas de Ituiutaba (2002).

Sérgio Mendes Dutra, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Mestrando em Administração pela Universidade Estadual Paulista - UNESP (2020).  Possui graduação em Direito pela Universidade do Estado de Minas Gerais(2008), Graduação em Ciências Contábeis pela Faculdade Triângulo Mineiro(2002), Graduação em Letras - Português pela Universidade Norte do Paraná(2016), Especialização em Direito do Consumidor pela Universidade Anhanguera - Uniderp(2009) e curso-técnico-profissionalizante em Contabilidade pela Escola Estadual Professora Maria de Barros(1994). Atualmente é Gerente da VENTURE FIAT de Ituiutaba-MG.

Larissa Costa Amuy, Universidade Federal de Uberlândia

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Uberlândia- Campus Pontal. Pós graduada em MBA Executivo em Gestão de Pessoas e Liderança pela Centro Universitário Barão de Mauá.

Downloads

Publicado

2020-07-31