OCORRÊNCIA DE ISCHYRHIZA (BATOIDE: SCLERORHYNCHIDAE) PARA O GRUPO ITAPECURU, CRETÁCEO (ALBIANO) DO ESTADO DO MARANHÃO, BRASIL

Autores

  • Neuza Araujo Fontes UFPA/MPEG
  • Heloísa Maria Moraes-Santos MPEG
  • Sue Anne Ferreira Costa UFPA

Resumo

 A utilização da técnica de Screenwashing em uma amostra proveniente da borda leste da Bacia de São Luís-Grajaú (Grupo Itapecuru – Idade Albiana), resultou na recuperação inédita de dentes orais de arraias do gênero Ischyrhiza, no Brasil. A amostra consta de 72 dentes que apresentam grande variabilidade de tamanho e forma, possibilitando o estabelecimento de dois subtipos.   Além de ampliar a diversidade de espécies de arraias atribuídas ao Grupo Itapecuru, este registro também estende a distribuição temporal do gênero até a idade Albiana, Cretáceo Inferior.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Neuza Araujo Fontes, UFPA/MPEG

Graduada em Biologia pela UFPa

Heloísa Maria Moraes-Santos, MPEG

Mestre, Curadora da Coleção de Paleontologia do Museu Paraense Emílio Goeldi, Coordenação de Ciências da Terra e Ecologia

Sue Anne Ferreira Costa, UFPA

Doutora em Geociências, Professora Adjunta da UFPA, Curso de Museologia, Faculdade de Artes Visuais e Museologia.

Downloads

Publicado

2012-07-02