Atributos físicos do solo em área de monocultivo de cafeeiro na zona da mata de Minas Gerais

Authors

  • Luís Alfredo Pinheiro Leal Nunes Universidade Federal do Piauí
  • Luís Eduardo Dias Universidade Federal de Viçosa
  • Nairam Felix de Barros Universidade Federal de Viçosa
  • Ivo Jucksch Universidade Federal de Viçosa

Abstract

Algumas práticas de manejo impostas ao solo promovem alterações em alguns atributos relacionados a propriedades e processos físicos do solo. Este trabalho teve como objetivo avaliar o impacto na qualidade do solo do cultivo de café em relação à mata secundária por meio de alterações nos indicadores físicos. Foram selecionadas quatro áreas, sendo: a) cultivo de café (CV. Mundo Novo) durante 22 anos (C22), após uso com pastagem; b) cultivo de café (CV. Catuaí) durante 16 anos (C16) que sofreu recepa, antes mata secundária; c) mata secundária com aproximadamente de 30 anos (M30) e d) mata secundária com 40 anos (M40). Para tanto amostras de solos foram coletadas nas profundidades de 0-10 e 10-20 cm. O sistema C22 teve a estabilidade de agregados reduzida com reflexos sobre a densidade e porosidade do solo. O sistema C22 mostrou indícios de erosão evidenciados pela diminuição da porcentagem de argila na camada superficial. A recepa realizada no sistema C16 promoveu melhorias nas propriedades físicas do solo. Correlações significativas e positivas foram obtidas entre carbono orgânico total e os índices de estabilidade estudados.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2010-01-27

How to Cite

NUNES, L.A.P.L., DIAS, L.E., BARROS, N.F. de and JUCKSCH, I., 2010. Atributos físicos do solo em área de monocultivo de cafeeiro na zona da mata de Minas Gerais . Bioscience Journal [online], vol. 26, no. 1, pp. 71–78. [Accessed6 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/7040.

Issue

Section

Agricultural Sciences