Composição bromatológica e digestibilidade "in vitroâ€? da matéria seca do capim Tanzânia irrigado

Authors

  • Fernando França da Cunha
  • Antônio Alves Soares
  • Odilon Gomes Pereira
  • Everardo Chartuni Mantovani
  • Gilberto Chohaku Sediyama
  • Franklin Vitor de Souza Abreu

Keywords:

Pastagem. Nutrição animal. Forragicultura. Forragens tropicais. Turno de rega.

Abstract

Objetivou-se estudar o efeito de diferentes turnos de rega e níveis de irrigação sobre a composição bromatológica e a digestibilidade "in vitroâ€? da matéria seca (DIVMS) de Panicum maximum Jacq. cv. Tanzânia-1. Uma bancada experimental foi montada sob ambiente protegido, onde foram colocados recipientes cultivados com a gramínea. As irrigações foram realizadas com turnos de rega de um, quatro e sete dias e lâminas d'água para restabelecer 50, 75 e 100% da disponibilidade total de água no solo. Foram avaliados os teores de proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e DIVMS após o último corte. Foi verificado que o teor de PB foi maior quanto menor foi a quantidade de água aplicada. Os valores de DIVMS foram inversamente proporcionais aos teores de FDA. Conclui-se que o turno de rega pouco influencia nos fatores estudados e que a irrigação elevando o teor de água do solo próximo a capacidade de campo, diminui e aumenta os teores de PB e FDA, respectivamente.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2007-08-06

How to Cite

FRANÇA DA CUNHA, F., ALVES SOARES, A., GOMES PEREIRA, O., CHARTUNI MANTOVANI, E., CHOHAKU SEDIYAMA, G. and VITOR DE SOUZA ABREU, F., 2007. Composição bromatológica e digestibilidade "in vitroâ€? da matéria seca do capim Tanzânia irrigado. Bioscience Journal [online], vol. 23, no. 2. [Accessed1 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/6843.

Issue

Section

Artigos