Diversidade genética em batata-doce no Tocantins

Authors

  • Elainy Cristina Alves Martins Universidade Federal do Tocantins
  • Joênes Mucci Peluzio Universidade Federal do Tocantins
  • Ronaldo Rodrigues Coimbra Universidade Federal do Tocantins
  • Marcio Antônio da Silveira Universidade Federal do Tocantins
  • Jaqueline das Dores Dias Oliveira Universidade Federal do Tocantins
  • Waldesse Piragé de Oliveira Junior Universidade Federal do Tocantins

Abstract

O objetivo do presente trabalho foi determinar a divergência genética de 50 clones de batata-doce do Banco de Germoplasma da Universidade Federal do Tocantins com base em marcadores RAPD, bem como verificar o agrupamento gerado a partir dos dados moleculares. No ensaio foram utilizados 50 clones de batata-doce, provenientes do programa de melhoramento genético da UFT. As análises de agrupamento foram feitas utilizando-se índice de similaridade de Jacard através do método hierárquico aglomerativo UPGMA. Foi observada uma elevada variabilidade genética entre os 50 clones. Os 14 primers utilizados produziram 181 bandas, destas, 155 foram polimórficas, onde os primers A17 e A7 foram os mais informativos. A análise das distâncias genéticas mostrou que a menor variação ocorrida foi entre os clones 04.06 e 04.12 e a maior foi entre os clones 100.06 e 114.07. No total, foram formados 22 grupos e, apesar de haver um grau maior de parentesco entre determinados clones, isto é, serem meios-irmãos, alguns apresentaram similaridade menores do que os detectados entre clones não aparentados. Assim, os 50 clones provenientes do Banco de Germoplasma da UFT apresentaram elevada diversidade genética e os marcadores RAPD foram eficientes para revelar tal diversidade.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2014-02-20

How to Cite

MARTINS, E.C.A., PELUZIO, J.M., COIMBRA, R.R., SILVEIRA, M.A. da, OLIVEIRA, J. das D.D. and OLIVEIRA JUNIOR, W.P. de, 2014. Diversidade genética em batata-doce no Tocantins . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 2, pp. 429–435. [Accessed7 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/17999.

Issue

Section

Agricultural Sciences