Composição químico-bromatológica e perfil de fermentação da silagem de resíduo úmido de fécula de mandioca

Authors

  • João Arlindo Gouveia Gonçalves Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Maximiliane Alvarze Zambom Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Tatiane Fernandes Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Eduardo Eustáquio Mesquita
  • Emerson Schimidt
  • Cleovani Rossi Javorski Universidade Estadual do Oeste do Paraná
  • Deise Dalazen Castagnara Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Keywords:

rvação, fermentação anaeróbica, microorganismos

Abstract

O trabalho teve como objetivo estudar a composição química e o perfil de fermentação do resíduo úmido de fécula de mandioca ensilado in natura ou após pré secagem ao sol por três horas, durante 0, 28 e 56 dias. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado com parcelas subdivididas no tempo, com quatro repetições. Estudou-se as concentrações de proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, hemicelulose, celulose, lignina, cinzas, sílica, extrato etéreo, matéria orgânica e matéria seca no resíduo úmido de fécula de mandioca antes da ensilagem e após os períodos de fermentação. Nas mesmas ocasiões determinou-se a temperatura, pH, e as populações de enterobactérias, bactérias ácido láticas, Clostridium spp., fungos e leveduras e a população total de microrganismos. Apenas a sílica não foi alterada pelos tratamentos estudados. O processo de ensilagem reduziu as concentrações de FDN e hemicelulose e elevou as concentrações de FDA, lignina e hemicelulose dos resíduos, enquanto o pH e as populações de microrganismos foram reduzidas com o processo de ensilagem. A pré secagem ao sol por três horas do resíduo úmido de fécula de mandioca permitiu a ensilagem de um material com menor umidade, não promoveu alterações no perfil fermentativo e população microbiológica das silagens aos 28 e 56 dias de fermentação e reduziu a fibra em detergente neutro e hemicelulose das silagens obtidas. A silagem de resíduo úmido de fécula apresenta redução no conteúdo de proteína bruta com o decorrer do período de fermentação.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Eduardo Eustáquio Mesquita

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Emerson Schimidt

Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Published

2014-01-17

How to Cite

GOUVEIA GONÇALVES, J.A., ZAMBOM, M.A., FERNANDES, T., MESQUITA, E.E., SCHIMIDT, E., JAVORSKI, C.R. and CASTAGNARA, D.D., 2014. Composição químico-bromatológica e perfil de fermentação da silagem de resíduo úmido de fécula de mandioca . Bioscience Journal [online], vol. 30, no. 2. [Accessed20 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/17198.

Issue

Section

Agricultural Sciences