Análise de trilha e correlações entre caracteres em soja cultivada em duas épocas de semeadura

Authors

  • Ana Paula Oliveira Nogueira Universidade Federal de Uberlândia
  • Tuneo Sediyama Universidade Federal de Viçosa
  • Larissa Barbosa de Sousa Universidade Federal de Uberlândia
  • Osvaldo Toshiyuki Hamawaki Universidade Federal de Uberlândia
  • Cosme Damião Cruz Universidade Federal de Viçosa
  • Derval Gomes Pereira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia
  • Éder Matsuo Universidade Federal de Viçosa

Abstract

O conhecimento das relações existentes entre caracteres, tais como estimados pelas correlações, tem sido de grande relevância no melhoramento vegetal, pois fornece informações úteis ao melhorista no processo de seleção. Todavia, a quantificação e a interpretação da magnitude das correlações não implicam efeitos diretos e indiretos. Nesse contexto, a análise de trilha apresenta-se como uma alternativa viável. Os objetivos deste estudo foram avaliar as correlações fenotípicas e genotípicas entre caracteres agronômicos importantes no melhoramento genético da soja, realizar análise de trilha, tendo como caráter principal a produtividade de grãos e identificar critérios de seleção indireta para produtividade de grãos. Foram conduzidos dois experimentos em condições de casa de vegetação, semeados em fevereiro e em dezembro de 2007. Os tratamentos foram constituídos de 90 genótipos de soja incluindo linhagens e cultivares. Adotou-se o delineamento de blocos casualizados com três repetições. Cada unidade experimental foi constituída por três plantas cultivadas em substrato num vaso de 3dm3. Avaliaram-se os caracteres: número de dias para o florescimento e maturidade; altura da planta no florescimento e maturidade; número de nós na haste principal; altura da primeira vagem; número de vagens; produtividade de grãos; número médio de grãos por vagem; e o peso de 100 grãos. As correlações genotípicas tiveram, predominantemente, magnitude superior às correlações fenotípicas, sendo ambas de mesmo sinal nas duas épocas de semeadura. A partir das correlações fenotípicas, genotípicas e a análise de trilha identificaram-se o caráter número de vagens por planta, independentemente da época de semeadura, de maior efeito favorável sobre a produtividade de grãos.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2012-12-21

How to Cite

NOGUEIRA, A.P.O., SEDIYAMA, T., SOUSA, L.B. de, HAMAWAKI, O.T., CRUZ, C.D., PEREIRA, D.G. and MATSUO, Éder, 2012. Análise de trilha e correlações entre caracteres em soja cultivada em duas épocas de semeadura . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 6, pp. 877–888. [Accessed18 July 2024]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/14576.

Issue

Section

Agricultural Sciences