Micropropagação e endorreduplicação em pitaya vermelha

Authors

  • Thatiane Padilha de Menezes Universidade Federal de Lavras
  • Wiara Assis Gomes Universidade Federal de Lavras
  • Leila Aparecida Salles Pio Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical em parceria com Universidade Federal de Lavras
  • Moacir Pasqual Universidade Federal de Lavras
  • José Darlan Ramos Universidade Federal de Lavras

Keywords:

Hylocereus undatus Haw., Citometria de fluxo, Fitohormônios

Abstract

A micropropagação facilita a obtenção de mudas de mudas de pitaya, porém pode propiciar alterações genéticas, como a polissomatia, endopoliploidia ou endorreduplicação. Neste trabalho, objetivou-se desenvolver protocolo para micropropagação e verificar a endorreduplicação em pitaya vermelha. Cladódios de pitaya foram micropropagados em meio de cultura MS, com 0,1 mg L-1 de ANA, acrescido de BAP e cinetina, nas dosagens 0, 1, 5 e 10 mg L-1, sendo o meio MS sem reguladores de crescimento utilizado como tratamento controle. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado em fatorial 2x8 (ausência e presença de luz e 8 diferentes meios de cultura), totalizando 16 tratamentos, sendo 4 repetições de 3 explantes. O experimento foi conduzido na presença e ausência de luz em sala de crescimento a 25 ± 2ºC, irradiância média de 42 W m-2 e fotoperíodo de 16 horas, por 120 dias. A análise de citometria de fluxo foi utilizada em 3 explantes por tratamento. Amostras de cladódios, juntamente com o padrão interno (ervilha) foram triturados com 1 mL de tampão de extração LB01 e 25 mL de iodeto de propídeo, analisados em citômetro de fluxo. Os explantes submetidos à ausência de luz não responderam aos tratamentos. O meio de cultura que proporciona melhor crescimento e desenvolvimento in vitro é o MS acrescido de 0,1 mg L-1 de ANA e BAP ou cinetina nas concentrações de 1 ou 5 mg L-1. O meio de cultura que proporciona aos explantes maior variação na quantidade de DNA é MS com 10 mg L-1 de BAP e 0,1 mg L-1 de ANA. O fenômeno da endorreduplicação é observado em todos os tratamentos analisados.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Thatiane Padilha de Menezes, Universidade Federal de Lavras

Doutoranda em Fitotecnia/Departamento de Agricultura/UFLA, na área de fruticultura.

Wiara Assis Gomes, Universidade Federal de Lavras

Doutoranda em Fitotecnia/Departamento de Agricultura/UFLA, na área de fruticultura.

Leila Aparecida Salles Pio, Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical em parceria com Universidade Federal de Lavras

Pós-doutoranda da Embrapa Mandioca e Fruticultura Tropical em parceria com a Universidade Federal de Lavras - Departamento de Agricultura.

Moacir Pasqual, Universidade Federal de Lavras

Professor Titular da Universidade Federal de Lavras de Cultura de Tecidos de Planta, Departamento de Agricultura.

José Darlan Ramos, Universidade Federal de Lavras

Professor Titular da Universidade Federal de Lavras de fruticultura, Departamento de Agricultura.

Published

2012-10-03

How to Cite

MENEZES, T.P. de, GOMES, W.A., PIO, L.A.S., PASQUAL, M. and RAMOS, J.D., 2012. Micropropagação e endorreduplicação em pitaya vermelha . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 6. [Accessed28 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13986.

Issue

Section

Agricultural Sciences