Microrganismos em percolado após aplicações dejetos líquidos de suínos

Authors

  • Rosele Clairete dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Egon José Meurer Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Abstract

Os dejetos líquidos de suínos (DLS) são utilizados como fertilizante em solos agrícolas. A intensificação de criações com alta concentração de animais em pequenas propriedades tem gerado grande volume de dejetos. Os DLS podem conter microrganismos patogênicos, podendo contaminar águas superficiais e subsuperficiais. O estudo foi realizado para avaliar a presença de microrganismos patogênicos após a aplicação de DLS em amostras de um Argissolo Vermelho Distrófico e de um Nitossolo Vermelho Distrófico. Para tal, aplicou-se doses equivalentes a 0 (Testemunha), 25 (T2), 50 (T3) e 100 (T4) m3 ha-1 de dejetos líquidos de suínos provenientes de dois sistemas de criação denominados de "creche" e "terminação". Os dejetos originários do sistema de criação "creche" apresentaram maiores riscos de contaminação de águas superficiais e subsuperficiais por coliformes totais e Escherichia coli. O valor do pH possivelmente esteve relacionado à ausência de coliformes totais e Escherichia coli no percolado do Argissolo.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2012-12-21

How to Cite

DOS SANTOS, R.C. and MEURER, E.J., 2012. Microrganismos em percolado após aplicações dejetos líquidos de suínos . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 6, pp. 1000–1006. [Accessed1 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13274.

Issue

Section

Agricultural Sciences