Distribuição de poros e densidade de latossolos submetidos a diferentes sistemas de uso e manejo

Authors

  • Ricardo Falqueto Jorge LABRAS - Laboratório Brasileiro de Análises Agrícolas
  • Cinara Xavier de Almeida FCAV/UNESP
  • Elias Nascentes Borges ICIAG/UFU
  • Renato Ribeiro Passos CCA/UFES

Keywords:

Sustentabilidade, Plantio direto, Manejo convencional, Solo de cerrado, Pinus sp.

Abstract

O homem cultiva a terra há vários séculos, mas o uso intensivo e empresarial dos solos sob vegetação de cerrado para a produção agrícola cresceu a partir da década de setenta. O objetivo desse estudo foi avaliar atributos físicos do solo em função da época de amostragem e dos tipos de usos do solo em área de cerrado no município de Uberlândia- MG, Brasil. Os manejos adotados foram: pastagem degradada (M-1), cultivo convencional (M-2), cultivo mínimo (M-3), ausência de preparo (M-4), plantio direto (PD) 3o ano (M-5); PD 9o ano (M-6), PD de 3o ano pós Pinus (M-7); PD de 1o ano pós Pinus (M-8) e floresta de Pinus (M-9) de 25 anos. As avaliações foram realizadas no ano agrícola de 2002/03, em duas áreas. Sendo a área 1 de solo Latossolo Vermelho (LV-1, M-1 até M-5) e a área 2 de Latossolo Vermelho e Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA e LV-2, M-6 até M-9). Os atributos físicos estudados sofreram alterações em função da classe de solo, época de amostragem e dos sistemas de uso, com destaque para os solos da área 2, que, em geral, melhor conservaram os seus principais atributos físicos. Manejos com intensa mobilização do solo, como o sistema M-2, são os que mais degradam fisicamente o solo, tendo apresentado alterações negativas principalmente para a densidade do solo, porosidade total, microporosidade e macroporosidade. Já os sistemas que promovem menor mobilização do solo tendem, em curto prazo, a preservar atributos físicos desejáveis. O sistema de manejo M-9 apresentou a menor variação de atributos, comparado aos demais.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Ricardo Falqueto Jorge, LABRAS - Laboratório Brasileiro de Análises Agrícolas

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia e doutorado pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista, Campus de Jaboticabal. Atualmente é engenheiro agronômo do Laboratório Brasileiro de Análises Agrícolas.

Cinara Xavier de Almeida, FCAV/UNESP

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Uberlândia e mestrado pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Universidade Estadual Paulista, Campus de Jaboticabal. Atualmente é doutoranda em Agronomia - Produção Vegetal, pela mesma instituição.

Elias Nascentes Borges, ICIAG/UFU

Professor, Doutor, Instituto de Ciências Agrárias, Universidade Federal de Uberlândia.

Renato Ribeiro Passos, CCA/UFES

Professor, Doutor, Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Espírito Santo.

Published

2012-02-02

How to Cite

JORGE, R.F., ALMEIDA, C.X. de, BORGES, E.N. and PASSOS, R.R., 2012. Distribuição de poros e densidade de latossolos submetidos a diferentes sistemas de uso e manejo . Bioscience Journal [online], vol. 28, no. 1. [Accessed28 May 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13268.

Issue

Section

Supplement 1 - XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo