Produção e regeneração de protoplastos de Colletotrichum gloeosporioides em diferentes condições de cultivo

Authors

  • Cecilia Armesto Universidade Federal de Lavras
  • Fernanda Gonçalves Martins Maia Universidade Federal de Lavra
  • Mário Sobral de Abreu Universidade Federal de Lavras
  • Antônia Figueira dos Reis Universidade Federal de Lavras
  • Nara Edreira Alencar Universidade Federal de Lavras

Abstract

A obtenção de protoplastos de fungos, utilizando-se enzimas degradadoras de parede celular, tem sido o método mais utilizado em processos de transformação genética. Foram testados dois tipos de estruturas fúngicas (micélio e conídios), diferentes concentrações enzimáticas (5, 10, 20 mg), estabilizadores osmóticos (NaCl 0,7 mol.L-1 pH 5,7; (NH4)2SO4 1,2 mol.L-1 pH 5,8; KCl 0,7 mol.L-1 pH 5,8; MgSO4 0,7 mol.L-1 pH 5,5; Sacarose 0,5 mol.L-1 pH 5,7; SorbitoL 0,6 mol.L-1 pH 5,7) e seis tempos de exposição dos protoplastos ao sistema lítico, para estabelecer condições otimizadas de obtenção e regeneração de protoplastos de Colletotrichum gloeosporioides, agente relacionado a mancha manteigosa em cafeeiros. Protoplastos de C. gloeosporiodes foram obtidos em maior quantidade quando o micélio foi exposto durante 4 horas, com 10 mg.mL-1 de Lysing Enzime em KCl 0,7 mol.L-1 que se apresentou como melhor estabilizador osmótico, com frequência de regeneração de 11,64%.

Downloads

Download data is not yet available.

Published

2011-08-30

How to Cite

ARMESTO, C., MARTINS MAIA, F.G., DE ABREU, M.S., FIGUEIRA DOS REIS, A. and ALENCAR, N.E., 2011. Produção e regeneração de protoplastos de Colletotrichum gloeosporioides em diferentes condições de cultivo . Bioscience Journal [online], vol. 27, no. 4, pp. 597–602. [Accessed8 December 2022]. Available from: https://seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/10048.

Issue

Section

Agricultural Sciences