De Michel Pêcheux a outras epistemologias em Análise do Discurso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/HTP-v1n1-2019-49400

Palavras-chave:

Michel Pêcheux, Linguística, História, Psicanálise, Epistemologia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleudemar Alves Fernandes, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Professor Titular da Universidade Federal de Uberlândia; atua na graduação em Letras e no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos; é líder do Laboratório de Estudos Discursivos Foucaultianos nessa universidade (LEDIF/UFU/CNPq). Possui Mestrado (1997) e Doutorado (2001) em Linguística/Análise do Discurso pela Universidade de São Paulo, ambos com bolsa da CAPES; e Pós-Doutorado (2011), junto à UNESP-CAr, com bolsa do CNPq como Pesquisador Sênior, sobre o tema Análise do Discurso e Michel Foucault. É autor dos livros: Discurso e Sujeito em Michel Foucault (São Paulo: Intermeios, 2012), Análise do Discurso: reflexões introdutórias (São Carlos: Claraluz, 2008), (Re) Tratos Discursivos do Sem-Terra (Uberlândia: EDUFU, 2007), O Coronel e o Lobisomem: uma Abordagem Sócio-Interacional (São Paulo: AnnaBlume, 1999). É organizador de vários livros na área de Análise do Discurso e autor de vários artigos publicados em periódicos nacionais e internacionais. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, e atua principalmente nos seguintes temas: análise do discurso; Michel Foucault; discurso literário; discurso político; interrelação linguística e história; sujeito, identidade e subjetividade; teoria e análise linguística.

Israel de Sá, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Professor Adjunto da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Doutor em Linguística pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Mestre pela mesma instituição, ambos sob orientação da Profa. Dra. Vanice Sargentini e com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Entre agosto de 2012 e julho de 2013, realizou estágio doutoral na Université Sorbonne Nouvelle, Paris 3, sob coorientação do Prof. Dr. Christian Puech. Licenciado e Bacharel em Letras pela Universidade Estadual Paulista (UNESP/FCLar), realizou, neste período, trabalhos de iniciação científica sob orientação da Profa. Dra. Maria do Rosário Gregolin, também com financiamento da FAPESP. É co-líder do Grupo Interinstitucional de Estudos de Discursos e Resistências - GEDIR e membro do Laboratório de Estudos Discursivos Foucaultianos - LEDIF, da UFU. Desenvolve pesquisas na área de Teoria e Análise Linguística, com ênfase em Análise do Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: análise do discurso político e midiático, discursos de resistência, semiologia histórica, relação entre linguagem e história na produção de sentidos; as pesquisas se dão, atualmente, em torno da produção de memórias (discursivas) contemporâneas da ditadura civil-militar brasileira.

Vinícius Durval Dorne, Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), linha "Estrutura, Organização e Funcionamento Discursivos e Textuais", com a tese "A identidade do jornalista no (dis) curso da história da imprensa no Brasil ". Doutorado Sanduíche no Programa Ciências da Comunicação, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (UNL). Mestre em Letras, área de Estudos Lingüística, linha de pesquisa "Estudos do Texto e do Discurso" pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), com a dissertação "Práticas discursivas midiáticas na / sobre a identidade do jornalista sem diploma". Graduado em "Comunicação Social / Jornalismo" e "Letras - Português / Inglês" pelo Centro Universitário Cesumar (UniCesumar). Atualmente, coordenador Pró-Tempore do curso de Jornalismo, e professor Adjunto-C, nível I, da Faculdade de Educação (FACED), no curso de Jornalismo, e dos Programas de Pós-Graduação em "Linguística" e do "Mestrado Profissional Interdisciplinar em Tecnologias, Comunicação e Educação "da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Vice-Líder e Membro do Grupo de Pesquisa "Laboratório de Estudos Discursivos Foucaultianos" (Ledif), vinculado ao Instituto de Letras e Linguística da UFU (Ileel), Membro do Grupo de Pesquisa "Interfaces Sociais da Comunicação: Tecnologias, Políticas e Culturas" , da UFU. Tem experiência no campo teórico e metodológico de pesquisas em Comunicação Social, norteadas pelo referencial teórico-metodológico da Análise de Discurso francesa, em especial às contribuições do filósofo Michel Foucault. Está disponível, na docência e em pesquisas, com questões concernentes à História e Teorias do Jornalismo, Linguagem Radiofônica, Produção em / para Plataformas sonoras, Radiojornalismo, e a análise de materiais sincréticos / multimodais. Amparado na relação discurso, sentido e mídia, trabalha na investigação de temas como discursos institucionais e midiáticos; língua, sujeito e história; identidade e subjetividade. sujeito e história; identidade e subjetividade. sujeito e história; identidade e subjetividade.  

Referências

ALTHUSSER, Louis. Ideologia e Aparelhos Ideológicos de Estado: notas a uma pesquisa. Rio de Janeiro: Graal, 1992.

BACHELARD, Gaston. A epistemologia. Lisboa: Edições 70, 2006.

BLANCHÉ, Robert. A Epistemologia. Tradução Natália Couto. Lisboa: Editorial Presença, 1988.

CANGUILHEM, Georges. Michel Foucault: morte do homem ou esgotamento do Cogito?. Tradução Fábio Ferreira de Almeida. Goiânia: Edições Ricochete, 2012.

CONEIN, Bernard; et al. (Orgs). Materialidades Discursivas. Campinas: Editora da UNICAMP, 2016.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

FOUCAULT, Michel. A arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008.

FOUCAULT, Michel. De espaços outros. Estudos Avançados, São Paulo, v. 27, n. 79., 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142013000300008&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 maio 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-40142013000300008

MALDIDIER, Denise. Elementos para uma história da Análise do Discurso na França. In: ORLANDI, Eni (Org.). Gestos de Leitura. Campinas: Editora da UNICAMP, 1994.

MALDIDIER, Denise. A Inquietação do Discurso: (Re)ler Pêcheux Hoje. Campinas: Editora da UNICAMP, 2003.

PAVEAU, Marie-Anne; SARFATI, Georges-Elias. As grandes teorias da linguística: da gramática comparada à pragmática. Tradução Maria do Rosário Gregolin, Vanice Oliveira Sargentini, Cleudemar Alves Fernandes. São Carlos: Claraluz, 2006.

PÊCHEUX, Michel. Análise do Discurso: três épocas (1983). In: GADET, Françoise; HAK, Tony. Por uma Análise Automática do Discurso: uma Introdução à Obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990a, p. 311-318.

PÊCHEUX, Michel. Análise Automática do Discurso (AAD-69). In: GADET, Françoise; HAK, Tony. Por uma Análise Automática do Discurso: uma Introdução à Obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990b, p. 61-105.

PÊCHEUX, Michel. Lecture et mémoire: projet de recherche. In: MALDIDIER, Denise. L’Inquiétude du Discours - textes de Michel Pêcheux. Paris: Éditions des Cendres, 1990c.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma Crítica à Afirmação do Óbvio. Campinas: Editora da UNICAMP, 1997a.

PÊCHEUX, Michel. Só há causa daquilo que falha ou o inverno político francês: início de uma retificação. In: PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Editora da UNICAMP, 1997b, p. 293-307.

PÊCHEUX, Michel. Discurso: estrutura ou acontecimento. Tradução Eni Orlandi. Campinas: Pontes, 1997c.

PÊCHEUX, Michel. Sobre a (des-)construção das teorias linguísticas. Línguas e instrumentos linguísticos. Campinas: Pontes, 1998.

PÊCHEUX, Michel. Sobre os Contextos Epistemológicos da Análise do Discurso. Escritos, Campinas: Nudecri, n. 4, p. 7-16, 1999. Disponível em: <https://www.labeurb.unicamp.br/portal/pages/pdf/escritos/Escritos4.pdf>. Acesso em: 17 abr. 2019.

PÊCHEUX, Michel. Especificidade de uma disciplina de interpretação (A Análise de Discurso na França). In: PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso. Textos escolhidos por Eni Orlandi. Campinas: Pontes, 2011, p. 227-230.

PÊCHEUX, Michel; FUCHS, Catherine. A propósito da análise automática do discurso: atualização e perspectivas (1975). In: GADET, Françoise; HAK, Tony. Por uma Análise Automática do Discurso: uma Introdução à Obra de Michel Pêcheux. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990, p. 163-187.

PÊCHUX, Michel; GADET, Françoise. A Língua inatingível: o discurso na história da linguística. Campinas: Pontes, 2004.

PÊCHEUX, Michel; HAROCHE, Claudine; HENRY, Paul. A Semântica e o corte saussuriano: língua, linguagem, discurso. In: BARONAS, Roberto Leiser (Org.). Análise do Discurso: apontamentos para uma história da noção-conceito de formação discursiva. São Carlos: Pedro e João Editores, 2011, p. 13-32.

SAUSSURE, Ferdinand. Curso de Linguística geral. São Paulo: Cultrix, 2006.

Downloads

Publicado

2019-06-26

Como Citar

ALVES FERNANDES, C.; DE SÁ, I.; DURVAL DORNE, V. De Michel Pêcheux a outras epistemologias em Análise do Discurso. Revista Heterotópica, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 1–20, 2019. DOI: 10.14393/HTP-v1n1-2019-49400. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/RevistaHeterotopica/article/view/49400. Acesso em: 16 jul. 2024.