Frequência de oocistos de Cryptosporidium sp em fezes de bezerros criados sob condições naturais do município de Uberlândia, analisadas por quatro métodos laboratoriais.

Autores

  • Maria José Santos Mundim Universidade Federal de Uberlândia
  • Lindamar Maria de Souza
  • Antonio Vicente Mundim
  • Raul Nolasco Morais

Resumo

Frequência de oocistos de Cryptosporidium sp em fezes de bezerros criados sob condições naturais do município de Uberlândia, analisadas por quatro métodos laboratoriais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-05-27

Como Citar

Mundim, M. J. S., Souza, L. M. de, Mundim, A. V., & Morais, R. N. (2014). Frequência de oocistos de Cryptosporidium sp em fezes de bezerros criados sob condições naturais do município de Uberlândia, analisadas por quatro métodos laboratoriais. Veterinária Notícias, 1(1). Recuperado de https://seer.ufu.br/index.php/vetnot/article/view/26650