Mudanças na persistência da inflação brasileira: uma análise a partir de testes de quebra estrutural

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14393/REE-v38n2a2023-65709

Palavras-chave:

Inflação, Persistência, Testes de Quebra Estrutural

Resumo

A persistência da inflação está relacionada com o grau em que os valores futuros de inflação estão relacionados com os choques passados, ou ainda, com a velocidade de ajuste de sua trajetória para o equilíbrio de longo prazo. Este artigo tem como objetivo mensurar a persistência da inflação no período pós Plano Real e verificar possíveis instabilidades neste parâmetro. Modelos univariados e estruturais são utilizados para mensurar a persistência da inflação. Os resultados encontrados sugerem a existência de instabilidades no parâmetro da persistência, com uma diminuição neste valor após a adoção do sistema de metas para a inflação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-09-21

Como Citar

HERALD DA COSTA CAMPOS, R.; SILVA, J. A. da; GEOVANE PEREIRA GOMES, T.; FERREIRA DA SILVA, F. D.; DOS SANTOS TORRES, V. Mudanças na persistência da inflação brasileira: uma análise a partir de testes de quebra estrutural. Revista Economia Ensaios, Uberlândia, Minas Gerais, Brasil, v. 38, n. 2, 2023. DOI: 10.14393/REE-v38n2a2023-65709. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistaeconomiaensaios/article/view/65709. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos